natalia

quarta-feira, 31 de março de 2010

Restrospectiva - Guia da Mente Psicótica

Peguem seus caderninhos, canetas e facas de cozinha. De hoje até sábado, vai rolar a primeira retrospectiva do blog. A cada dia, um capítulo do Guia da Mente Psicótica.


1 - O que os homens não podem, nem devem, jamais, em hipótese nenhuma, dizer a uma mulher psicótica para justificar o término de um relacionamento.

"Não é você, sou eu"

Ok. (Pausa para respiração profunda.) Vou dizer bem calmamente, porque estou de bom humor. Vai. Tomar. No cu.
Tendo esclarecido essa questão, podemos seguir em frente de maneira mais civilizada.
Já andei falando aqui sobre essa que é, sem dúvida, uma das frases mais célebres da história dos pés na bunda.
Quando você, meu bom rapaz, quiser terminar com alguém, por favor não diga que o problema não é com ela. Porque, apesar dela saber que você tem problemas (mentais, principalmente), caso contrário não a estaria dispensando, essa frase causa uma péssima impressão. Ela soa canastrona, clichê e detestável. É, de longe, a pior coisa que você pode dizer (a menos que você confesse que é adepto do bestialismo).
Além disso, eu tenho pra mim que essa frase também não é muito verdadeira. Se você não quer ficar com uma pessoa, é claro que o problema é com ela. É alguma coisa que ela tem (ou não tem) que te desmotiva a continuar. E ela sabe disso.
Aí, nessa hora, o cara tenta melhorar a situação e diz:
- Eu que não quero me envolver com ninguém. Se a Luana Piovani aparecesse aqui e me pedisse em namoro, eu diria não.
Amm... ok... eu deveria me sentir melhor agora? Porque essa informação realmente não ajuda em NADA. Como assim "se a Luana Piovani aparecesse aqui"? O que que a Luana Piovani tem a ver com isso?? E se nem ela você tá aceitando, então ferrou, né!
Taí. Essa eu queria ver. Queria ver se a Luana Piovani chegasse lá e pedisse ele em namoro. Hum. Pensando bem, acho que eu não queria não. Deixa pra lá. Idéia idiota, idéia idiota.

"Você merece coisa melhor"

Essa, apesar de também ser manjada, tende a confundir um pouco a interlocutora psicótica. Porque, ao contrário da "Não é você, sou eu", essa frase tem a vantagem de ser verdadeira. Sim, você realmente merece coisa melhor. Ele está totalmente certo. E agora?
Agora nada! Presta atenção, psicótica, você está sendo manipulada! É claro que ele é um otário vacilão que não sabe o que tá perdendo, mas cabe a você - e somente a você - decidir se quer ou não coisa melhor.
Ao rapaz, cabe ser honesto e assumir que é ele quem não quer você, em vez de ficar bancando o altruísta, te libertando de uma vida ingrata ao lado de uma pessoa aquém do merecido.
E, vamos combinar, você já é bem grandinha. Já pode votar, entrar pro exército, ir pra guerra, beber, dirigir, beber e dirigir (se não for pega pela blitz da lei seca, afinal, você também pode ser presa). Você já tem idade suficiente para saber o que merece.
Depois, quem foi que disse que você merece coisa melhor? Ele não conhece o teu passado, não sabe o teu karma. Se bobear, você merece até coisa pior. Vai que você foi Hitler em outra encarnação. Ou Stalin. Ou um mímico! De repente você merece mesmo sofrer nessa vida.
Então, amigão, se você estiver planejando dispensar uma psicótica, não diga que ela merece coisa melhor. É óbvio que ela merece coisa melhor. Dã! Ela sabe disso. Eu sei disso. Todo mundo sabe disso. Mas ela gosta de você, que há de se fazer? Se você não tem nada melhor pra dizer além disso, fique quieto. Porque redundância sim, ninguém merece.

"Os homens são diferentes das mulheres"

Quando eu tinha uns seis anos, minha mãe levou pra casa um clássico do cinema pós-moderno: "Um Tira no Jardim de Infância". Arnold Schwarzenegger e muitas criancinhas, em uma história cheia de ação, tiros e xixi na calça. Não necessariamente nessa ordem.
Aproveito esse momento sublime para fazer a citação mais incrível de todos os tempos. É a fala de um garotinho do filme, que diz (gênio, gênio): "Meninos têm pênis, meninas têm vagina".
Então, sim. Desde os seis anos, eu estou bem ciente de que os homens são diferentes das mulheres. Mas valeu por me lembrar. Vai que numa dessas eu me confundo, né?
Aqui vai a dica para as psicóticas desavisadas: quando um cara diz pra você que os homens são diferentes das mulheres, o que ele realmente quer dizer é: estou pegando outras.
Os homens adoram justificar seu comportamento promíscuo usando a premissa antiquada de que são capazes de separar sexo de sentimento. Grande coisa. Os cachorros também fazem isso. E os ornitorrincos. Cachorros e ornitorrincos ao mesmo tempo eu já não me atrevo a arriscar, mas quem sabe? Contanto que um não espere que o outro ligue no dia seguinte, tá tudo certo.
Enfim. Os homens conseguem dissociar sexo e afeto. Parabéns. Palmas pra eles. Só me responde uma coisa. E daí? Não, sério. Ser capaz de fazer uma coisa não significa que você precisa, de fato, fazer essa coisa. O cara que vende chiclete no ônibus, por exemplo, poderia estar matando, poderia estar roubando, mas não. Ele resolveu só interromper o silêncio da sua viagem e encher o saco de todo mundo. Então por que, por que o cara com quem você está saindo também precisa sair com outras? Só porque ele pode? Porque a mulher tava lá dando mole? E não havia por que dizer não?
Ora! Mas eu digo por que dizer não! Porque toda vez que ele diz sim pra outra garota, ele está automaticamente dizendo não pra você. Porque toda vez que ele sai com outra, é uma vez que ele não te escolheu. E isso diz muito mais do que "os homens são diferentes das mulheres".
Não tente ser compreensiva e achar explicações na anatomia humana. Faça-me o favor! O cara não pode dizer que gosta de você e depois sair com outras só porque meninos têm pênis e meninas têm vagina.
Caso ele use isso como argumento, confunda-o com a pergunta: "Mas e as hermafroditas?".

Nem vem que não tem!

video
MULHER PSICÓTICA após ouvir as três frases acima

12 comentários:

  1. Estava passeando por aí e de repente me deparei com seu blog (psicótico). Ok.
    Eu ri demais com o post! Muito bom, engraçado e suuper verdade.

    Adorei!

    Xoxo,
    :*

    ResponderExcluir
  2. Já usei ao menos 2 dessas justificativas e confesso estar supreso com o impacto que elas causam. Voce foi muito precisa na avaliação. Talvez só esteja na hora de se criar outros bordões. Por que as desculpas, essas sim sempre existirão!
    Voce é incrivel!

    ResponderExcluir
  3. Pff. Piovani.
    (Aw, que saudade de ler seu blog! Tô lendo tudão, bora recuperar os posts perdidos! \o/)

    Beijo, Ná! :)

    ResponderExcluir
  4. hahahaha mto bom, já disse que adoro o blog!! Textos mega inteligentes!!!


    Beijão

    ResponderExcluir
  5. muito bom!eu já usei todas essas desculpas - todas verdadeiras - e outras que surgem na inspiração do momento porque sempre tem uns chatos que ficam dificultando,principalmente quando o sujeito se acha "o cara".

    mas vc se superou foi com este video tive um acesso de riso hahahahahahahahahahhah, vc definitivamente me diverte!!! beijos klein!!!

    ResponderExcluir
  6. Natalia, to torcendo mt por vc. Seu blog é sensacional. Fiquei mt chateada de não poder ir ao seu aniversário...

    E esse post foi genial. As always.
    Colocando seu blog nos meus favoritos do "Eu tb sou Hype!"

    beijos

    ResponderExcluir
  7. mas tão inovando viu? te contei algumas já? acho que dão pano pra manga pra um texto

    tipo: "estou gastando muito telefone"

    ResponderExcluir
  8. HAHAHAHAHAHAHAHA, essa aí de cima foi ótima!!!

    ResponderExcluir
  9. Gente, tinha respondido todo mundo, um a um, e a janela fechou sozinha. Agora o momento passou, a mágica se perdeu. Fica pra próxima.

    Beijocas a todos!

    ResponderExcluir
  10. Ha, parece desculpa esfarrapada do tipo "não são vocês, é o meu computador", mas eu juro que a janela fechou quando eu tava quase acabando.

    ResponderExcluir
  11. Genial seu blog!! E o manual, te digo, vai ser bastante útil daqui pra frente, rs. Parabéns por expor esse lado freak de todas nós. Sim, porque um pouco de psicose é inerente à toda mulher... Às normais, pelo menos!

    ResponderExcluir
  12. Não consigo parar de assistir seu programa!
    Sempre me acabo de rir xD
    Humor inteligente era o que estava faltando, excelente sacada! Parabéns, e que venham muitas mais temporadas o/

    ResponderExcluir

 
Designed by Thiago Gripp
Developed by Márcia Quintella
Photo by Biju Caldeira