natalia

terça-feira, 20 de outubro de 2009

O Ministério da Psicose Adverte


Após a realização de uma série de pesquisas científicas, finalmente foi comprovado que o número de vezes que uma mulher psicótica repete "eu não vou dar hoje" é diretamente proporcional à probabilidade de ela dar nesse dia.
Isso ocorre porque, enquanto o lado esquerdo do cérebro, responsável pelo pensamento racional, envia um comando como "não se esqueça de ir ao supermercado", o lado direito, responsável pela emoção e pela total falta de vergonha na cara, apenas registra a informação principal, abstraindo a negação da frase.
Dessa forma, as chances da pessoa em questão acabar se esquecendo de ir ao supermercado são consideráveis.
O que significa que, se uma mulher afirmar uma única vez que não vai dar em um determinado dia, no caso hoje, é muito provável que ela realmente não dê.
Agora, se você ouvir essa mesma mulher dizendo: "Ah, eu não vou dar hoje não. Mas não dou mesmo. De jeito nenhum que eu vou dar hoje. Não, não, não. Hoje eu não dou", a probabilidade de ela estar falando isso enquanto tira a roupa é de 98,4%.

Esta pesquisa é total e psicoticamente arbitrária. Qualquer semelhança com a realidade... é porque tu deu hoje, né, safada!

14 comentários:

  1. os outros 1,6% de probabilidade é de que ela tire a roupa após o charminho?!

    ResponderExcluir
  2. "Ah, eu não vou dar hoje não. Mas não dou mesmo. De jeito nenhum que eu vou dar hoje. Não, não, não. Hoje eu não dou!
    Vou continuar repetindo ,vai que o tal do "the secret" funciona?

    ResponderExcluir
  3. Tô rindo litros aqui.
    Até nos comentários o pessoal é criativo, :).

    =**

    ResponderExcluir
  4. Bom voltar aqui depois de um tempo e botar a psicose em dia...
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. realmente creio que na verdade, todas as vezes que as mulheres falam isso, são na verdade proporcionalmente à quantidade de vezes que elas gostariam de dar naquele mesmo dia. advirto por conviver com mil mulheres diariamente, todas reclamando da sua falta de atividade sexual.

    ResponderExcluir
  6. Não, não, não...de jeito nenhum eu vou dar hoje...humhum,nao mesmo!

    ResponderExcluir
  7. Natália!!

    Seu blogue é sensacional...estou morrendo de rir com seus posts...muito inteligentes e muito legais...já estou adicionando aos meus Feeds, lista no meu blog, passando para amigos e vou até "twittar"..rrs

    Muito bom!!

    Abraço,

    Rafael

    ResponderExcluir
  8. aaiii espero que não!!
    nao nao nao naaaaao! por favor naaaao!
    HAHAHAHAHA

    ResponderExcluir
  9. Adorei o texto, o blog! Muitoooo bom! :)

    Beijos,
    Dani

    ResponderExcluir
  10. mas isso não é só um problema das psicóticas, não. li na internet - fonte confiável, como já disse - ou foi no Discovery Channel? enfim, a mente só registra o verbo, a ação, então não adianta dizer que não vai fazer. a única solução é usar um verbo que já é negativo em si mesmo, mas é uma ação, positiva, ativa, tipo "evitarei dar hoje". "recuso-me firmemente a dar hoje". "rejeito absolutamente a noção de eventualmente dar hoje". entendo, todavia, que esse tipo de construção só deve ser usado se você estiver no momento "balançando no candelabro" e correndo o risco de dar pra alguém que lhe causará profundo arrependimento.

    ResponderExcluir

 
Designed by Thiago Gripp
Developed by Márcia Quintella
Photo by Biju Caldeira