natalia

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Psicose e Praia


Sou super branquela. Do tipo azeda mesmo. E moro no Rio, onde ser bronzeado é praticamente um dever moral. Ai de mim se resolver desfilar minhas canelas fluorescentes pela cidade. Em pouquíssimo tempo, entro numa espécie de twitter da vida real. Tem sempre alguém querendo divulgar pro mundo o que pensa da minha cútis. Tipo os colegas da construção civil gritando "ê, perna branca" ou os neo-hippies cheios de dread que vêm me vender pulseirinha e se arriscam em vários idiomas, achando que eu sou gringa.
Mas o pior é quando eu resolvo ir à praia. Rola desde cobrar mais caro pela cadeira até gente tentando me empurrar passeios turísticos. Uma vez eu desisti de explicar que era carioca e respondi em uma língua maluca, com os olhos arregalados e gesticulando bastante. Deve ter funcionado. Ou, no mínimo, eles acharam que eu era uma fugitiva do hospício.
Agora, o que mais me irrita quando estou na praia são as mensagens subliminares dos vendedores ambulantes. Que nem outro dia, quando eu estava na minha, quieta, e vieram uns três gritando: CAMARÃO! CAMARÃO! CAMARÃO!
Ah, mas eu não deixei barato não! Levantei-me da cadeira e fui até eles, possessa:
- Olha só, eu estou aqui na praia, exercendo minha cidadania, cumprindo com minhas obrigações enquanto moradora da região litorânea de um país tropical e os senhores me vêm com essas indiretas? Tudo bem, eu admito, eu estou ligeiramente avermelhada, ardida, não faço idéia de como vou conseguir dormir hoje à noite, mas isso não dá aos senhores o direito de ficar gritando "camarão, camarão, camarão"!
E nisso passou outro gritando: OLHA A PAMONHA! PAMONHA!
- Pamonha é a tua mãe, ô, babaca! - berrei. - Ah, faça-me o favor! Olha a falta de respeito! A pessoa não pode nem vir à praia sem sofrer esse tipo de abuso. Preconceituosos! - concluí, enquanto juntava as minhas coisas e devolvia a cadeira, já me preparando para a noite da pasta d'água.

9 comentários:

  1. Psicótica mesmo!!! Adorei!!! hahaha

    ResponderExcluir
  2. Psicótica mesmo!!! [2].
    Amei o texto e, como sempre MUITO divertido!
    Risos, risos.

    ResponderExcluir
  3. completamente fora da casinha! muito engraçado

    ResponderExcluir
  4. Psicótica mesmo!!![3].
    E paranóica com mania de perseguição!!!!
    mto bom... gostei tbm...

    ResponderExcluir
  5. Larissa (larissacarvalhomarinho@gmail.com)19 de agosto de 2009 12:03

    se vc fosse morena com de jambo, vc iria ver o que é ofensa qdo esses mesmo ambulantes berram "cocaaaaaaada preta!"!! ow insulto viu?! é por isso que o comercio brasileiro vai pra frente desse jeito... cadê a lei do consumidor hein?!!

    ResponderExcluir
  6. Kkkkkkkkkkkk muito bOM, SOFRO DESTE MAL DE "GRINGAA"!! xD

    ResponderExcluir
  7. Adoro ler seu blog. Indicado no twiter pelo Fábio Porchat. Ei, eu adoro uma branquinha!!!

    ResponderExcluir
  8. AREBABA!!! Semana passada de férias no nordeste, eu uma gaucha q enfrenta um inverno FDP, cheguei lá e não deu outra, me tiraram para italiana!! no começo me bateu um Psicose, mas depois relaxei e cai na gargalhada!!
    Adoro teu blog, Sr.Psicótica!
    Beijo

    ResponderExcluir

 
Designed by Thiago Gripp
Developed by Márcia Quintella
Photo by Biju Caldeira