natalia

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Solitude


Escrevo por vocês, não por mim. Ando cansada demais e sem paciência para falar da minha vida. O que é bastante irônico, já que andei trabalhando feito louca numa série autobiográfica.
É que escrever me faz lembrar de algo que vem me incomodando muito nesses últimos meses: o fato de que estamos, inevitavelmente, sozinhos no mundo. Não importa se temos ótimos amigos, mães e pais espetaculares. No fim das contas, somos apenas nós. Tomando decisões e tendo que lidar com as consequências delas, sozinhos.
Não posso negar que estou um pouquinho influenciada pelo fato de uma das minhas amigas mais próximas estar toda namorandinha com um cara novo. Fico feliz por ela, claro. Ela merece alguém legal. Mas é que toda vez que essa minha amiga começa a sair com alguém, eu automaticamente deixo de existir na vida dela. Mentira. Eu continuo existindo para ouvir as novidades e dar algumas opiniões que quase nunca são ouvidas. Tirando isso, sou cortada fora da agenda.
Minha mãe sempre me disse que as amizades são circunstanciais. Minha mãe é apocalíptica e adora ver o pior lado das pessoas, por isso nunca levei esse conselho em consideração. Mas numa coisa ela está certa. Minha rede de amizades flui de acordo com uma variante invariável: quem está solteiro.
Na verdade, também entram nesse grupo os amigos com relacionamento em crise. Esses costumam ter uma agenda bem mais disponível que os amigos emocionalmente felizes. Aliás, eu vou falar uma coisa. Nada mais chato do que um amigo emocionalmente feliz. Quer dizer, tudo bem estar feliz, que bom, que bom mesmo. Mas custa ter um porém? Um entretanto? Tipo "tô saindo com um cara incrível, maravilhoso, extraordinário, pena que ele é manco e caolho". Custa?
Uma pessoa emocionalmente bem resolvida potencializa todos os seus complexos e as suas inseguranças. Só serve pra você se dar conta do quão patética e vazia é a sua própria vida. E como você realmente está sozinho. Apesar dos seus amigos ótimos. E dos seus pais super válidos. E do seu gato de estimação que te faz companhia - exceto se ele estiver desaparecido há dois anos, de maneira misteriosa, e até hoje você tiver sonhos estranhos em que ele volta de um mestrado em Nova Iorque.
Em vista disso tudo, eu só digo uma coisa: acostume-se com a sua cara. Você vai passar muito tempo sozinho com ela.
(Se o desespero bater, procure o cirurgião plástico mais próximo.)





Solitude - Billie Holiday

43 comentários:

  1. tem como não amar um texto com a seguinte frase: "E do seu gato de estimação que te faz companhia - exceto se ele estiver desaparecido há dois anos, de maneira misteriosa, e até hoje você tiver sonhos estranhos em que ele volta de um mestrado em Nova Iorque. " ??!?!?!?!?!?!?!?!?!??????!!! deveras demais como sempre!

    ResponderExcluir
  2. Pois é Natalia, sempre soube q estava sozinha, e isso é sempre bom, ao menos q sua mãe esteja precisando de cuidados especiais e a família não dê a mínima, aí é fodah. Eu tb tenho sonhos q a minha outra gata q desapareceu há uns dois anos volta. Acho q é pq gatos nós fazem sentir queridos, a q ficou ñ sai do meu lado.
    Conselho: Arranje um outro gato, pq gente definitivamente ñ presta.

    ResponderExcluir
  3. Aah eu vim aqui hoje toda reclamona e chorosa pq vc não postava mais e então vc postou!! Dormirei feliz agora! rs..
    Ja dormiu o a insonia tb lhe aflige?? Bem vamos aos comentários sobre seu texto que hj meus dedinhos estão fervidos!
    Sabe um acoisa que eu reparei? Que o perfil de mulheres psicóticas e por(consequência?) solteiras segue um padrão: São bonitas e estilosas,não controlam a lingua e o sarcasmo e..tem um gato!
    Pq vc sempre escreve o que eu penso em dona Natalia?!(sei que n sou a única) To extamente na fase de vida social intensa pq uma leva de amigos ficaram recentemente solteiros..Espero que eles n casem tão cedo, pq as saidinhas estão frenéticas..rs!
    bjos bonita e posta sua série em algum lugar poooxa! =)

    ResponderExcluir
  4. ps: Aah eu bem te achei no face..fiquei meio assim de adicionar, mas por fim add..Mas sinta-se livre pra aceitar ou não..(obviamente vc se sentirá livre, afinal o face eh seu..só uma forma delicada de dizer que se vc n aceitar podexa que n perderá a leitora aqui!rs..)

    ResponderExcluir
  5. Já postei um poeminha falando justamente sobre isso! "No final das contas estamos só"
    http://engracadosenaofossetragico.blogspot.com/2010/04/no-final-das-contas-estamos-so.html

    ResponderExcluir
  6. Só uma frase: obrigada por me fazer sentir que achei alguém da mesma espécie que eu.

    PS: excelentes músicas.

    ResponderExcluir
  7. Ontem minha amiga veio me contar que esta namorando e eu tbem fiquei chateada! rs

    Essa felicidade em excesso me cansa, na verdade, acho que só eu coloco esses tal "porém" na minha vida.

    ResponderExcluir
  8. oie..nossa adorei o post,parece até eu falando e minah mãe tbm.Putz ela é assim mesmo,só vê olado ruim das pessoas.Mas eu to bem,tirando algumas vzx que já pensei em fazer certas coisas,como..deixa pra lá.ushaushuasha(brinks)
    Bom,adoro o adora´vel psicose,não perco jamais.=D
    fICO RINDO SÓ,DEPOIS CONTO PRA MINHA MÃE AS COISAS E ELA ACHA QUE SOU LOKA..dEMAIS.
    bEIJÃO.

    ResponderExcluir
  9. Identificação no ato.Incrível!! Acho espantoso q hje em dia seja tão difícil manter um relacionamento. Morro de medo q tdos meus amigos se casem e só sobre euzinha. Sua mãe já começou a falar q vc escolhe demais?? pq a minha já. E eu vou fazendo meus planos profissionais, pq no campo afetivo tá dureza.
    bjão!!

    ResponderExcluir
  10. Incrível o seu texto, parabéns!!!!

    Eu penso que todo mundo já passou por isso, ou seja, sentiu ciúmes do amigo ou amiga que está namorando, senti falta quando eles se afastam por conta de um namoro novo, tem receio de que todos se casem e se esqueçam de ti, mas sabe de uma coisa: isso é NORMAL GALERA!!!!! Mostra que temos sentimentos, e tem outra coisa: vamos ver pelo lado bom, ficar solteiro é ser livre para sair com quem quiser, onde quiser, na hora que quiser, amigos se afastam, novos amigos chegam, e no final, seguem-se os ciclos da vida, namoram, casam, separam, namoram novamente, dai é a gente que tá namorando e dá uma sumidinha... mas quem se ama de verdade, sempre se reencontra!!!!!

    Mas só mais uma coisa: Somos únicos e temos que aprender a conviver consigo mesmo, INDEPENDENTE dos outros, numa boa, não só na vida, mas pela eternidade! Só podemos contar com Deus e conosco. Eu eu acho isso MARAVILHOSO!!!!!!!!

    Valeu, beijos.

    Telma Regina.

    ResponderExcluir
  11. as pessoas são diferentes, as circunstâncias é são iguaizinhas. engraçado...
    adorei teu blog!
    ;*

    ResponderExcluir
  12. Quando Adorável Psicose vai ficar disponível na íntegra para assinantes da Globo? Nem sempre eu posso assistir, caramba! Vou precisar organizar um abaixo assinado???

    ResponderExcluir
  13. incrivel! saudades de ler e de vc!
    bjaozao! =)

    ResponderExcluir
  14. hahahah

    Mto bom :)

    É por isso que sou adorado pelos meus amigos.Estou solteiro desde 2005 !!! hhaa

    Uns falsos !!!

    ---

    Eu tb tenho blog e será um prazer receber a vista de vcs.

    Um blog de humor negro, entao não esperem por coisinhas bonitas

    http://vivaohumornegro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. a-do-rey. nem sabia que tu tinha conversado comigo pra fazer meu auto-retrato! HAAHA
    :)

    ResponderExcluir
  16. Sabias considerações. ;)

    ResponderExcluir
  17. Sou eu vivendo exatamente essa fase, a amiga mais próxima e que era a mais companheira de papos e saídas tá namorando. E eu forçando que tô super feliz, e pensando que sou a pior amiga que alguém pode ter. Leio isso, me identifico, e já não me acho a mais louca do mundo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. amigo que é bom quando começa a namorar tem uma vela sempre em mãos pra amenizar a carência de quem sobrou..

    e lendo sobre seu gato pensei em suas sete vidas, em quantas nós temos, se vcs não podem se encontrar em uma delas, que gato preto dá 7 anos de azar, que são sete os pecados capitais.. é, to meio zagalo hj..

    ;)

    ResponderExcluir
  19. igualzinho comigo, quando uma amiga começa a namorar, eu deixo de existir na vida dela...fazer o que...
    vc escreve muito bem, parabens!
    se quiser, acesse meus blogs http://artegrotesca.blogspot.com e http://denisirenia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Realmente estamos sozinhos no mundo. Aliás, quanto mais rodeados de pessoas estamos mais sozinhos parecemos. Excelente texto, adorei.

    ResponderExcluir
  21. Olá, Adorável!
    Obrigada por escrever por nós! Seus textos são ótimos.
    Outro dia estava pensando sobre as amizades fluirem de forma variável. Penso que isso acontece com mais frequência entre as mulheres. É só começar um relacionamento para abandonarmos as amigas. E depois corremos de volta pra elas. Com os homens as coisas são diferentes. Eles se envolvem, mas continuam com o chopinho com os amigos, o futebol e afins. Precisamos aprender um pouco com eles.
    Quanto ao gato, compre um cachorro. São psicologicamente mais estáveis.
    Parabéns pelo blog!
    Natália
    http://pequenosdesatinos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. arrasando e eu tao longe... queria saber de tudo (com vinho)!

    ResponderExcluir
  23. rs entendo! também estou sozinha, tenho pais super válidos e ne-nhum amigo pra chorar suas mágoas... Acontece que quando eu arrumo alguém sou eu que sumo da vida deles sem a menor descrição pra curtir o meu gatinho enquanto dá!

    Enquanto não arrumo um novo bixinho de estimação (rsrrs)... vou curtindo seus textos que são fantásticos!!! Améeei! e o programa? Lindo! De Chorar! =)

    bjks de uma psicótica sem vergonha

    ResponderExcluir
  24. po, mas que amigos manéééesss!!!

    eu tenho alguns amigos que somem quando namoram e reaparecem, do tipo topa-tudo, quando estã sozinhos.
    mas tenho amigos presentes em qualquer hora.
    mas tb sei la, alguns somem mesmo estando solteiros - acho que depende é da pessoa mesmo, se ela é ou não prestativa com seus amigos ou se eles servem mais para ocasião.

    mas tb não fique se diminuindo perante ao estado de espírito alheios. po, vc é roteirista de programas legais, estreiou o seu próprio, isso é legal pra caralho!!!!!

    SAI DO BODE!

    e ó, já que tá reclamando de amigo, vou te chamar pro meu aniversário tb hahahaha
    bjs

    ResponderExcluir
  25. Nossa! Amei esse post! Especialmente a parte do gato de estimação com mestrrado em Nova York- hahaha
    tenho uma gata de estimação (e zero namorado) e caí na gargalhada quando li isso!
    Adoro!
    bjus!

    ResponderExcluir
  26. Ótimo o texto. Tenho que admitir: diante dos meus amigos que são felizes em seus relacionamentos, eu sou apenas um mal-amado. E não muito mais que isso. Sinto como se eu fosse "a carta na manga", a segunda opção. Se o namorado de alguém dá bolo, ops, liga pro Rodrigo que ele é ótima cia. pra ir ao cinema. Pensei, diante do texto e dos comentários, em comprar um gato, mas tenho medo que ele fuja, ou queira tbm fazer mestrado em N.Y. Então, melhor aguentar mesmo a minha cara...
    Bjs

    ResponderExcluir
  27. No filme "P.S. Eu te amo", umas das cenas que mais me marcou, quase no finalzinho,é quando a personagem principal, Holly, conversa com a mãe dela justamente sobre isso: no fim estamos todos sós. Procurei o video no youtube e só achei a cena sem legenda.. mas é linda!! Vale a pena o conferes: "So alone or not, you've got to walk ahead. Thing to remember is if we're all alone, then we're all together in that too."

    http://www.youtube.com/watch?v=MtQzh4OX3JI

    ResponderExcluir
  28. Estes sentimentos são supernormais quando estamos sozinhos: raiva da amiga que arranjou um namorado novo, raiva dos casais excessivamente fofos que vemos nas ruas (eca!), medo de não encontrar alguém legal, de ficar sozinho pra sempre etc etc etc. Mas eu acredito que toda panela tem sua tampa. Depois que vocês encontrarem as tampas de suas respectivas panelas, perceberão como as coisas mudam, então vocês darão risada ao se lembrarem de tamanho sofrimento. É muito bom viver sozinho, mas é melhor ainda encontrar alguém que realmente valha a pena, para poder dividir a vida. E se a tampa da panela não aparecer, super vale a máxima ANTES SÓ DO QUE MAL ACOMPANHADO. Sorte e amor a todos, pois o ser humano não nasceu pra ficar sozinho.

    ResponderExcluir
  29. Tenho uma amiga que é uma figura. Quando ela está namorando, nem celular atende... quando você cruza com ela por aí, ela é só elogios pro principe: que ele é lindo, maravilhoso, atencioso, se procupa muito com ela e etc etc etc
    Um belo dia ela me liga, diz que terminou, fala que ele era um porre, um grosso, um mal educado, egoísta e etc etc etc
    Aí, com a voz mais lavada do mundo ela pergunta: E aí, amiga? Quais são os seus planos para esse finde?

    ResponderExcluir
  30. Oi, acabei de descobrir o blog e a série! Adorei!
    Impossível não se identificar com as situações que você descreve tão bem. Não é de hoje que digo isso, que a nessa vida somos sozinhos (ponto). E meu hit do momento é exatamente: tá todo mundo feliz pra me dar atenção. Juliana

    ResponderExcluir
  31. De fato é verdade que estamos sozinhos pra resolver tudo, mas te trago uma boa noticia, que você pode até ignorar por ser muito legal e descolada, mas Jesus veio pra que não estivéssemos mais sozinhos. Pensa nisso!

    ResponderExcluir
  32. Me identifico tanto, mas tanto com tudo que você escreve...e eu me sinto assim, sozinha e também nunca tive um relacionamento sério e duradouro, aiaiai

    ResponderExcluir
  33. é a primeira vez que visito o blog, vim à recomendação da revista Claudia e o motivo que me trouxe aqui, se confirmou: eu me identifico demais com o que você escreve!!! Também estou sozinha, só tenho relacionamentos fracassados ou que foram vividos apenas por mim, e levo isso com um humor ácido e irônico.. gosto de pessoas assim! Parabéns pelo blog, pela série e continue escrevendo super!

    ResponderExcluir
  34. é mesmo...
    no final das contas é só você e sua sombra.

    ResponderExcluir
  35. Adoro seus posts no blog, mas depois de ler esse fiquei realmente na dúvida. É impressão minha ou vc está desejando mal pros outros, ainda mais pra uma amiga, por inveja??? "Quer dizer, tudo bem estar feliz, que bom, que bom mesmo. Mas custa ter um porém? Um entretanto?" Ta louca?? Ainda bem que não tem poréns!
    Eu hein!

    ResponderExcluir
  36. Adoro seus posts no blog, mas depois de ler esse fiquei realmente na dúvida. É impressão minha ou vc está desejando mal pros outros, ainda mais pra uma amiga, por inveja??? "Quer dizer, tudo bem estar feliz, que bom, que bom mesmo. Mas custa ter um porém? Um entretanto?" Ta louca?? Ainda bem que não tem poréns!
    Eu hein!

    ResponderExcluir
  37. Adoro seus posts no blog, mas depois de ler esse fiquei realmente na dúvida. É impressão minha ou vc está desejando mal pros outros, ainda mais pra uma amiga, por inveja??? "Quer dizer, tudo bem estar feliz, que bom, que bom mesmo. Mas custa ter um porém? Um entretanto?" Ta louca?? Ainda bem que não tem poréns!
    Eu hein!

    ResponderExcluir
  38. Adoro seus posts no blog, mas depois de ler esse fiquei realmente na dúvida. É impressão minha ou vc está desejando mal pros outros, ainda mais pra uma amiga, por inveja??? "Quer dizer, tudo bem estar feliz, que bom, que bom mesmo. Mas custa ter um porém? Um entretanto?" Ta louca?? Ainda bem que não tem poréns!
    Eu hein!

    ResponderExcluir
  39. Eu tinha mais ou menos a tua idade quando entrei numas existencialista, achava que o Sartre e a Simone de Beauvoir eram o casal mais legal do mundo e mais ou menos um ano depois achei "O" cara e acabei casando com ele mais uns anos depois.

    Mas continuo achando que somos todos sós e que "Entre quatro paredes" é a melhor peça que já vi, afinal de contas, "o inferno são os outros", kkkkkkkk...

    Não te esquenta Natalia, tua vida é ótima, daqui um tempo tu achas "O" cara e vai ter que conviver com um monte de gente que tu não escolheria para conviver contigo por livre e espontânea. Sempre vai existir uma Fulaninha, provavelmente casada com algum amigo que vai querer o bedelho na tua vida e isso vai ser um inferno também.

    Mas como me ensinou uma amiga minha, ser educado é fundamental. Aprendi direitinho, mas te digo que às vezes sinto muita, mas muita, saudade da grossa sem noção que eu era, kkkkkk...

    PS. Meu relacionamento não está em crise, mas sempre arranjo um tempo para encontrar os meus amigos e para sair para uma night forte com as amigas enchendo a cara. Se "O" cara me impedisse de fazer isso ele não seria "O" cara e eu não seria casada. Amigo bom é amigo para sempre, quanto aos brotos nunca e sabe.

    ResponderExcluir

 
Designed by Thiago Gripp
Developed by Márcia Quintella
Photo by Biju Caldeira