natalia

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Momento "Frankly my dear"


Tá decidido.

A partir de agora teremos aqui o Momento "Frankly my dear".

O que é o Momento "Frankly my dear"? É uma pequena pausa na programação para deixar claro o quanto eu não me importo com determinado assunto. É inspirado numa fala do filme "E o vento levou", em que o personagem do Clark Gable diz a Scarlett O'Hara, interpretada por Vivien Leigh: "Francamente querida, eu não tô nem aí."

E o "Frankly My Dear" dessa semana vai para o autor do seguinte comentário:

"Querida(?) Nathália. Tente achar um tempo na sua nova agenda lotada de atriz e tente postar coisas interessantes nesse blog, afinal, eu frequento essa bagaça muito antes de você inventar essa moda de aparecer na tv. Dê mais consideração para os seus leitores do blog. ESTRELA!"


Tenho bastante consideração pelos meus leitores, mas quanto a esse... "Frankly my dear"...

50 comentários:

  1. Faz certo de não se importar!!!
    (:
    Pela milésima vez no mês, parabéns. Por tudo!!!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. É bem melhor que um adesivo de caminhão escrito "SUA INVEJA É A VELOSSIDADE DO MEU SUSSEÇO"..

    ResponderExcluir
  3. Ihhh ataque de estrelismo!!!rs( Tô brincando!)
    Não quero ter um momento Frankly My Dear.
    Ah moça, vc está certíssima. Eu até acho q vc encontra tempo demais para o Blog. Eu em seu lugar estaria saido por aí falando em alto e bom som
    "sou uma estrela multishow e tenho sucesso em escala global..."rs!
    Logo nota-se pq deus não dá asas a cobra, muito menos a peçonhenta em questão aqui...
    bj!!

    ResponderExcluir
  4. Putz tem gente que não tem noção, eu fui vítima de um idiota assim essa semana também, e olha que eu estou longe de ser uma psicótica tão adorável.
    Mande a merda, dê mais um gole na Ice e sorria, ainda bem que tem gente medíocre no mundo, do contrário, a gente teria que se importar com tudo...
    Beijooos!

    ResponderExcluir
  5. boa Nathalia.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    nao se importe com esses "fãs" seus, os verdadeiros esperam que vc faça sucesso tanto na tv como no blog, pois espero ancioso a segunda temporada do "Adoravel Psicose" na tv.
    bjsssss

    ResponderExcluir
  6. "É um filme de três horas e meia de duração e só tem UM palavrão. AND IT'S NOT EVEN A GOOD ONE." RÁ. =)

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus! Eu sempre achei que blog era prazer e não obrigação! E que eu saiba, vc nunca postou todos os dias..Gente, temos uma vida fora das telas..Se toca! Bju

    ResponderExcluir
  8. Que medo. Uma vibe meio Mark Chapman...

    ResponderExcluir
  9. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Quem fez esse comentário REALMENTE mereceu o momento, hahahahaha.

    ResponderExcluir
  10. frankly my dear, I don't give a damn é a versão séc 19 do foda-se hahahahahahaha

    ResponderExcluir
  11. Francamente, minha querida, continue escrevendo, escrevendo muito....curto demais esse cantinho!

    ResponderExcluir
  12. Natália, você definitivamente ocupa um lugar de destaque no meu arcabouço cultural. Obrigada. Momentos "Franky, my dear..."? Isso é pouco. Essa é minha nova filosofia de vida. hahahaha. Um abraço e parabéns.

    ResponderExcluir
  13. Bem natalia.. eu concordo q vc nao deve dar atençaõ a ela... mas sinto falta dos posts q deram origem a série... diminuiram consideravelmente os posts psicoticos e aumentaram os posts sobre a série... mas de qualquer maneira... boa sorte (com o blog e a série! :p)

    ResponderExcluir
  14. Sorry, "Frankly, my dear..."

    ResponderExcluir
  15. Nat...Quem sabe ele voltando a Tara, encontre consolo cultural, pois a Terra nunca o abandonará!kkkkkkkkkkkkkkkk :) Adoro o Blog e Parabéns pelo sucesso, esperando a segunda Temporada! Bjokas

    ResponderExcluir
  16. ai gata, é tudo saudade!
    sentimos falta pq te adoramos.
    abraços

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Enfim, acabei de apagar dois longuíssimos comentários que tinha feito em nome de exercer meu direito de resposta. Tive medo de parecer um leitor psicótico (tendo em vista que neste post fui até comparado com o assassino de john Lennon). Nathália, jamais imaginaria essa sua reação de fazer um post exclusivamente para comentar o que eu havia escrito, de certa forma gostei. Afinal, dentro de mim há um fã carente pela atenção de sua intangível ídola, do mesmo modo que, dentro de você, há uma estrela esnobe que se irrita com qualquer coisa que não soe como um elogio. Não faz mal... Todas as verdadeiras estrelas são genuinamente esnobe, assim como você, um bom sinal, né? Siguirei te lendo e rindo com suas desventuras psicóticas aqui escritas. Beijos, Nath(um apelido fofo para demonstrar que não ressentimentos). Nos vemos na pista.

    ResponderExcluir
  20. Gabriel, eu li todos os seus comentários porque recebo tudo via email. E vou te falar uma coisa: sempre te achei mala, mas dessa vez você me conquistou.

    O único problema é que, como eu não escuto o tom do seu comentário, posso interpretar o texto de qualquer jeito. E, no caso, seu jeito me pareceu muito petulante.

    Sempre procurei manter o blog em ordem, atualizando mesmo nos momentos mais caóticos de trabalho. Acontece que agora estou estreando uma série de TV, uma super realização pessoal, e tenho todo o direito de curtir isso no espaço que eu criei, que é este blog. Quem quiser pode dividir esse momento comigo. Quem não quiser, não é obrigado a entrar.

    Sem ressentimentos.

    Beijo,
    Natalia.

    PS: O Jablonski é meu colega de redação.

    ResponderExcluir
  21. Natalia, devo lhe dizer... Você é paciente, menina!
    Sério!
    Admirável!
    Bom, mas posso pedir uma coisita para você?
    Num tem making off da série gravado, não? Para colocar aqui para a gente?
    Adoraria ver um pouquinho do desenrolar da série nos bastidores.
    =D

    ResponderExcluir
  22. QUEM NÃO QUISER,NÃO É OBRIGADO A ENTRAR!

    SIMPLES!

    ResponderExcluir
  23. Muito boa a sua resposta =)
    Com a sua permissão, sempre que precisar vou utilizar o "frankly my dear"
    Beijos do novo leitor

    ResponderExcluir
  24. Como se não bastassem todas as mudanças conceituais nos mais diversos campos, eis que percebo que a idéia de fã também sofreu transformações. É, Nathália, além de lidar com todas as psicoses dos relacionamentos, agora você ainda tem que curar ataque de carência aguda. Só pode ser brincadeira um negócio desses...Acho ótimo que eu tenha mais um espaço para ver e ouvir sobre as psicoses nossas de cada dia. E, obviamente, enquanto fã espero que você conquista cada vez mais espaços.. Ou melhor, eu enquanto fã que não sofre de carência aguda. Rs. Que os projetos se ampliem e a adorável psicose se expanda cada vez mais. Beijos psicoticos

    ResponderExcluir
  25. Natalia,

    Parabéns pelo imenso sucesso. Tive a oportunidade de ver o piloto da série em primeira mão , uma vez que assisti seu projeto final da ECO/UFRJ.

    Era estagiário da Professora Fátima Fernandes e desde aquele momento sabia que seria sucesso, assim como este blog. Até havia comentado com ela na época q certamente era um produto extremamente "vendável" (se permite o neologismo) e pronto para ir para a TV.

    Só tenho a dizer que você é um exemplo de sucesso e realização para os alunos de comunicação ou ainda todos aqueles que sonham alto, pois mostra que mesmo em um meio adverso e com poucas oportunidades, quem tem criatividade e perseverança sempre chega lá!

    Parabéns e sucesso!

    Felipe Leon

    ResponderExcluir
  26. Natália, sua esnobe(rs rs rs rs ).
    Vc nem avisou que tinha estreado uma série no Multishow!!!! Soube agora pelo Geraldo. Já passei o link pra Uliana ver os vídeos(ela, assim como eu, não sabia de nada). Bjs e sucesso aí! Os vídeos éstão ótimos!!! Bjs. Manoel

    ResponderExcluir
  27. Thaís, acredito que você cometeu um erro de interpretação do que eu escrevi. Primeiro, não sou fã da Nathália, sou apenas um leitor que aprecia o que ela escreve. Segundo, é totalmente grosseiro chamar pessoas que nem conhece de carentes. Se eu fosse cometer também uma quebra de decoro, assim como você o fez, a chamarei de mal-amada e ressentida, mas eu aprecio a boa educação e a cordialidade, então, me reservo ao direito de simplesmente não lhe responder a altura. Beijos, Nath ;)

    ResponderExcluir
  28. hahuaheuahae, amei o momento especial. liga o foda-se e seja feliz! =D

    ResponderExcluir
  29. Nat, Adorei te conhecer ontem no clube do livro da Saraiva em Porto Alegre e com certeza...Liga o Foda-se e deixa este babaca ficar achando o que ele quiser!! Pois verdadeiramente...quem se importa com ele??? Com certeza NÓS NÃO!!! hehehehe

    ResponderExcluir
  30. Natalia,
    A filosofia Freanklin, my dear já está oficialmente adotada no meu dia-a-dia.
    Adorei a criatividade!
    Bia Willcox

    ResponderExcluir
  31. Gente invejosa não sabe se colocar em seu devido lugar.Adoro seu blog e acho ele muito interessante.Tanto é que ele influenciou em minha vida, como o seu seriado também.
    Que sua carreira só venha a crescer , como seu
    humor.

    ResponderExcluir
  32. Tem gente que pensa que blog é obrigação!

    ResponderExcluir
  33. MUAHAHAHAHAHAHAHAH
    Essa foi mara! Amei o novo momento bloguístico!
    Tem que rir.
    Você foi contratada sem contrato e nem sabia. Uau. hahahahahahahah
    Cada uma que aparece hein! Frankly my dear, acredito que esse vai ser o mais novo momento risada!!

    ResponderExcluir
  34. Primeira vez que eu entrei no seu blog, amei.
    Amei muito mais pq EU já ouvi um Frankly my dear de um ex-que-se-achava-namorado.

    Demais :)

    ResponderExcluir
  35. haha, parece piada que tenham te escrito isso.
    como tem gente doida no mundo...

    ResponderExcluir
  36. Me fez rir! hahaha

    Eu li o comentário do Gabriel. Acho só que você escolheu mal as palavras.Repara "nventar essa moda de aparecer na tv. Dê mais consideração para os seus leitores do blog." Recalque puro!
    Não foi nada educado,nem simpático,eu ri porque foi bem sem noção.

    Não ficou em tom legal,além de que pareceu que você estava reclamando da (queda) de qualidade do blog. Queda. Oi?

    Tudo continua quase igual porque Natalia continua quase igual a antes. Já eu espero que o blog mude,que Natalia mude,que ela amanhã esyeja melhor que ontem,assim o blog também estará.

    Tô com fé na terapia. Acredito demais na psicanálise. O inconsciente sabe de todas as nossas neurores.

    Xeru =*

    ResponderExcluir
  37. Comecei a ler os comentários mas o "siguirei" foi muito para o meu psiquê! E nem tem como dar a desculpa: "mas o i é do lado do e"!
    Mas os pedagogos sempre falam que não podemos repreender isso, "escreva do seu jeito".
    Mais uns anos de análise para a nossa heroína...(ou menos, quem sabe)!

    ResponderExcluir
  38. Ana Telma (http://www.anatelma.com.br)

    Fiquei aqui pensando como era a continuação da frase do Clark em inglês... Porque tem muito tempo que eu assisti "E o vento levou..." e eu não lembro... Será que era "Frankly my dear, I don't give a shit..."? Náaahhhh... Acho que não... Deve ter sido "Frankly my dear, I couldn't care less..." Ah, agora sim! Mais Clark Gable isso!

    PS: Não consegui escolher um perfil aqui embaixo!

    ResponderExcluir
  39. TUA INVEJA É A VELOSSIDADE DO MEU SUSSEÇO"..

    Porrã.. tá de brincadeira?

    ResponderExcluir
  40. liçencinha,
    encontrei teu blog por acaso... e só passei pra dizer que achei essa imagem de fundo genial!!!
    abç

    ResponderExcluir

 
Designed by Thiago Gripp
Developed by Márcia Quintella
Photo by Biju Caldeira