natalia

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Quem dá as cartas


Até que enfim apareceu um cara que faz tudo certo!
Outro dia mesmo, eu tive que desmarcar nosso encontro para ir a uma reunião de trabalho. O rapaz não apenas se mostrou super compreensivo, como ainda me ligou no dia seguinte para perguntar como tinha sido.
- Você só ligou pra isso? - questionei, chocada com o excesso de interesse.
- Sim - ele respondeu, sem hesitar.
E teve outra vez, quando ele viajou e mandou uma mensagem super bonitinha dizendo para eu não ficar com saudades. Um pouco pretensioso, talvez. Mas o que importa é que ele seguiu o manual direitinho e compareceu, mesmo que à distância.
Isso me fez imediatamente refletir sobre a verdadeira função deste blog. Ao listar as pequenas atitudes que os homens poderiam tomar para deixar a mulherada satisfeita, esta psicótica estaria ajudando a melhorar a compreensão pelo sexo oposto ou, ao contrário, estaria dando aos graciosos as ferramentas que faltavam para nos manipular completamente?
Porque um cara que só liga nos dias bons, chama pra sair em horários aceitáveis, age da forma que se espera e sempre fala o que você quer ouvir... só pode ser um canalha!
O cara que faz tudo certo é vinte vezes mais perigoso do que o pobre coitado que só faz merda. Enquanto o canalha regular some, não liga, não dá a devida atenção e deixa bem claro que é um babaca, o canalha profissional opera em outro patamar. Ele domina plenamente as artimanhas dos joguinhos afetivos e sabe muito bem o que precisa fazer para deixar a mulher nas suas mãos. Ou aos seus pés. Ou seja lá que extremidade ele preferir!
Sejamos realistas. Ninguém faz tudo certo à toa. Para agir da forma ideal, o sujeito precisa pensar no que vai fazer, no que vai dizer. Rola algum esforço. Mas para ser um idiota vacilão, ele não precisa fazer absolutamente nada. É só relaxar e deixar a natureza seguir seu curso.
Por isso que eu digo: no dia que os canalhas regulares entenderem como é fácil fazer tudo certo, eles terão o poder para se transformar em super canalhas profissionais. E eu que não quero estar aqui para testemunhar isso...

11 comentários:

  1. Que texto bom... muito bom mesmo. Esse é o raciocínio. Bom demais te ler. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Ta na hora de rever meus conceitos, kkkkkk. Ligar pra perguntar como foi algo (estilo reunião), causa choques?? hahaha vou parar então.

    ResponderExcluir
  3. Gerundino,
    Não causa choques, mas ativa o desconfiômetro. Quando a esmola é demais, o santo desconfia, né? Para resolver isso, é só manter essa atitude permanentemente. Quando a moçoila perceber que seu interesse é genuíno e não uma simulação, você terá passado no teste.

    ResponderExcluir
  4. Larissa (larissacarvalhomarinho@gmail.com)7 de setembro de 2009 20:40

    Concordo em gênero, número e grau! Acho mesmo que quando a esmola é muita, o santo deve desconfiar!... Agora, e quando somos nós (mulheres) que agimos de forma "boazinha demais"... como por exemplo, fazer o esforço sobrehumano de não reclamar do atraso de 45 minutos ou quando finjimos não ter vontade de matá-lo quando ele troca a nossa ilustre companhia pelo futebol?? Se aplica uma desconfiança??!! Acho que estou pensando seriamente em voltar a ser a chata e implicante de antes! Assim, não levanto falsas suspeitas!!

    ResponderExcluir
  5. Ih, nem adianta, Larissa.
    Se você for boazinha demais, ele vai te achar chata. E se você for implicante, ele vai te achar chata pra cacete.

    ResponderExcluir
  6. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK.
    Puts, e a neurose reina.
    Bom, já que o trágico fim se aproxima, só nos resta utilizar as nossas ferramentas para devolver na mesma moeda (o que poderá ser um risco para a humanidade, já que a mulher não precisa de grande esforço para acabar com a capacidade cognitiva dos homens)

    ResponderExcluir
  7. Ai ai Natalia,foi eu ler esse seu post pra num sabado a noite acompanhada de um vinho,dois vinhos,muitos vinhos,me fez mandar uma mens meio implicante,aí recebi uma resposta fofinha,dai mandei a 2° mens mais implicante e recebi a 2° resposta fofinha,aí INCONFORMADA enviei a 3° mens muuito implicante e recebi a 3° resposta fofinha.Ai mandei a 4° mens SUPER MEGA IMPLICANTE E CHOROSA.E não recebi mais nenhuma resposta..Viu? Eu sabiia que ele era do time dos canalhas espertos!rs..

    ResponderExcluir
  8. Passo exatamente por esse drama. Se ilude quem espera que o mal caráter tenha uma placa enorme na testa escrita: PERIGO!MANTENHA DISTÂNCIA. Tem cara q é canalha profissional. Meu deus, me identifico demais com esse blog. (infelizmente né... - sem ofensas!)

    ResponderExcluir
  9. exatamente, Natalia, exatamente. gosto de termo em inglês pra esse tipo: "con artist". são verdadeiros atores, especialistas na arte da manipulação. eu, burra velha, caí na rede de um desses faz um ano, e ainda estou de quatro, com direito a terapia, medicamentos daqueles que não devem ser nomeados pois causam em você o efeito colateral "leprose social", licença médica, benefício da seguridade social... como neurótica de longo prazo e depressiva certificada, só posso dizer que os sinais estão lá, nossa carência e solidão involuntária nos cegam... só conheci a série de tv esse ano, e resolvi ler o blog enquanto espero a terceira temporada. obrigada pelas boas risadas e por transformar uma realidade tão doída pra muitas de nós em algo lúdico. zero drama!

    ResponderExcluir
  10. Como fazer pra descobrir se o cara que faz tudo certo não é um canalha? Tô conhecendo um cara novo, que realmente está me deixando envolvido. É grosso, romântico e engraçado na medida certa. Sem falar que é muuito lindo. Mas logo desconfiei, quando percebi que o principal objetivo do cara não era sexo e sim me conhecer?! Ha, me poupe! Eu não nasci ontem, apesar que ele já teve dois relacionamentos sérios e longos. Como descobrir o que ele quer de mim? #medo

    ResponderExcluir

 
Designed by Thiago Gripp
Developed by Márcia Quintella
Photo by Biju Caldeira