natalia

sábado, 28 de agosto de 2010

Da série: psicose reflexiva


Não sei onde foram parar aquelas minhas fantasias adolescentes sobre o amor. Acho que elas foram se despedaçando e indo embora junto com cada uma das pessoas que - perdoem-me pelo clichê piegas - partiram meu coração.
E o mais ridículo é que mesmo sabendo que elas não passavam de fantasias adolescentes, no fundo eu ainda espero que alguém apareça e me diga "ei, olha o que eu achei na rua, suas fantasias adolescentes; quer de volta?"





INXS, Beautiful Girl.

21 comentários:

  1. Poxa...adoro o que você escreve...a gente se vê nas linhas dos seus textos!:*******

    ResponderExcluir
  2. Imagem tão doce. Não se preocupe. Um dia chega um armado de atitude e superbond. E com suas fantasias na mão.

    ResponderExcluir
  3. É...desejo a você que ele não demore mais pra chegar!

    ResponderExcluir
  4. é,eu tb perdi as minhas.hahaha
    mas eu me sinto bem sem elas.
    ;)

    ResponderExcluir
  5. Nossa!




    ...






    fiquei sem palavras, pela identificação... E eu tenho a leve impressão que isso não vai acontecer comigo... Pq assim, acho que assim como eu, vc não deve estar desesperada para querer encontrar alguém assim, mas também, o que é que custa aparecer né, não acharia ruim de forma alguma...rs

    ResponderExcluir
  6. Eu TINHA que compartilhar esse vídeo com você. Uma psicótica em potencial... hahahahaha, é por isso (ou quase isso) que perdemos nossas fantasias adolescentes... hahaha, assista:

    http://www.youtube.com/watch?v=_Mq2E7yG39M

    ResponderExcluir
  7. Acabei de descobrir seu blog e adorei... acho que sempre esperamos, mesmo que inconscientemente, o reencontro com nossas fantasias adolescentes... Bjusss

    ResponderExcluir
  8. Menina,o seu blog é tão bom, parece uma conversa que a gente tem com aquela amiga intima.Gosto dos videos, das fotos,de tudo.
    Virou um vício pra mim.Bjs Graça

    ResponderExcluir
  9. Engraçado eu tinha um sonho quando adolecente... olha só de lembrar dele agora fiquei envergonhado... mas era o que me bastava naquela época... quanta ingenuidade....

    Esse ai ainda bem que não acharam e nem me devolveram....

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Queres mesmo elas de volta?
    Olha que um dia alguém acha mesmo...

    ResponderExcluir
  11. Hoje é Dia do Blog, te recomendei lá no Blog da Reclamação!

    http://oblogdareclamacao.blogspot.com/

    ;)

    ResponderExcluir
  12. Oi Natalia, tudo bom?
    hoje é BlogDay e eu indiquei o seu blog. Faz parte da "brincadeira" avisar da postagem ;)
    http://rinapri.wordpress.com/2010/09/01/speak-up-blogday/

    ResponderExcluir
  13. As vezes a psicótica é tão sarcástica q parece q nem tem mais um coração, mas uma pedra de gelo no peito...rsrs
    Hje percebi q são apenas marcas profundas deixadas pelas ilusões sofridas...Nossa qnta breguice digitada, pior q isso só meu blog mesmo...
    Gostei muito deste post.
    bjs!

    ResponderExcluir
  14. posso ser louca::

    Eu leio esse blog e podia ser eu escrevendo ha uns anos atras, juro.

    Eu tinha mil fantasias e sonhos de infancia que nego foi despedacando ao longo da vida. Nada dava certo, eu culpava a mandinga.
    ai depois de mt penar comecei a namorar uma pessoa quase 4 anos que era legal mas nunca fez uma fofisse e queria me convencer que eu era louca de esperar, que era besteira, coisa de filme, que a realidade era mt mais bacana.
    Acabou me convencendo.Mas ao mesmo tempo acabou cansando.

    Ai quando eu tava solteirona na pista, feliz e cagando pro mundo veio uma pessoa e foi fofo desde o dia one, reparando nos detalhes, me dando presentes com pouco valor economico e muito valor sentimental. Ai eu pensei porraaa eu tinha razao esse tempo todo caralho!
    Que que eu fiz: vou casar com ele.

    hahahahahaha

    ps: sou louca, compartilho minha vida com estranhos masnao sou analfabeta, meu teclado ta desconfigurado, malz ae!

    se quiser saber mais: pimentaelimao.wordpress.com
    beijos

    ResponderExcluir
  15. roubei teu texto pra mim e vou passar adiante, ok?! ;))) Beijão!!!!

    ResponderExcluir
  16. Meu príncipe encantado apareceu de um jeito que eu não esperava. Sempre imaginei alguém muito fofo, romântico, que me desse presentes, fizesse surpresas... e aí me deparo com alguém que é um pouco grosso, que adora olhar para as mulheres na rua, mas que me entende e é sincero comigo sempre. E o pior, tem prazo de validade. Vai morar no exterior. E eu ficarei. Meu sonho de adolescente ta indo embora com ele... coisas da vida!!!! Espero que quando você encontrar seu sonho de adolescente que ele te desperte coisas incríveis!!!! Ah, adorei seu blog, não conhecia. Bjs.

    ResponderExcluir
  17. Natália adoro seu blog, me identifico mtu com suas histórias, a diferença é que com sua maneira única de contar tudo fica mtu mais engraçado. Mas eu sei o quanto é difícil essa relação com os homens, estou em análise há alguns anos e acredite, melhorei mtuuuuu, mas ainda não foi o suficiente pra ter meu primeiro namorado aos 29 anos. E estou de saco cheio dessas pessoas "positivas" que tentam nos consolar com os tipos de frase: "No tempo certo acontecerá", "Você é linda, alta e inteligente, quando menos esperar acontece"... esperar??? esperar quanto tempo??? Já esperei demais!!! E se mesmo tentando está difícil , acho que a melhor coisa estamos fazendo... ainda que seja caro... mas poder falar sobre isso nos aproxima muito da esperança de um dia não precisar falar mais disso.

    ResponderExcluir
  18. Fantasias adolescentes? Acho que não as perdi, mas simplesmente não as encaixo em qualquer recipiente que chega se mostrando todo convidativo a realizá-las. Sempre tive atração pelo lado mais sujo da vida, até aprender que tão contrariamente ele poderia ser tão limpo quanto. Acho que não acredito mais nas fantasias adolescentes, mas elas continuam ali como um martelo e um prego, prontas a me furar a qualquer instante. O mais difícil é encontrar as pessoas interessantes, mas como não tenho um ideal, fica mais concreto realizar. A vantagem da atração pelo sujo, é que a gente aprende a ver a verdade escondia atrás das boas e mas intenções. Ser mais verdadeiros conosco e com os outros. Não acredito nas fantasias pregadas em meus quadros de memórias, mas as tenho e estou disposta a tapar os furos quando o prego sair de cena para colocar memórias concretas de momentos realizados.

    ResponderExcluir
  19. Saudades das fantasias adolescentes!

    ResponderExcluir

 
Designed by Thiago Gripp
Developed by Márcia Quintella
Photo by Biju Caldeira