natalia

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Facadinhas da Psicótica


I.
Entre a minha ami(g)dalite e o volume de trabalho que aumentou vertiginosamente nessas últimas semanas, quem sofreu foi o blog. Eu também poderia reclamar que a minha vida afetiva acabou sendo prejudicada, mas eu aprendi na escola que zero dividido por qualquer coisa dá zero.

II.
Assistindo outro dia à entrega de prêmios do Torpedão Campeão, eu não pude deixar de pensar no quão inconveniente seria receber um milhão de reais em barras de ouro. Tipo... sério? Legal, mas e o que eu faço com esta merda agora? Carrego até a minha casa? E quando eu for fazer compras? A moça do caixa vai me perguntar "dinheiro ou cartão, senhora?", aí eu vou lá e jogo uma barra de ouro em cima do balcão? Ou será que eu dou uma raspada na barra e guardo uns trocados em pó para as pequenas despesas?
Além dos prêmios em dinheiro, parece que também rolam uns carros e umas TVs de LCD. Fico me perguntando se esses também serão entregues em barras de ouro.

III.
Ando meio sem paciência pra gente chata. E quando isso acontece, eu tendo a ficar excessivamente sarcástica. Foi por isso que, no auge de uma discussão sobre Criança Esperança e solidariedade, eu soltei, sem pensar duas vezes: "Dane-se o próximo. Se ele fosse realmente próximo, eu saberia o nome dele"- declaração que só não causou mais polêmica e revolta do que a vez em que eu disse para outro grupo de chatos o que eu pensava sobre a Rene Russo. Quer dizer, Renato.

20 comentários:

  1. Facas devidamente afiadas!!...

    kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. adorei, simplesmente ótima...também tenho meus surtos psicóticos com gente chata e lenta...completamente sem paciência, acabo dizendo coisas que realmente acho...inclusive acho o Sr. Russo coisas lá não muito agradáveis tb...rsrsrs
    se eu tivesse mais sorte no amor que vc certamente não me importaria em compartilhar, mas como estou ligeiramente igual (ou pior, pq vc pelo menos consegue fazer algo útil do seu "azar") só leio seu blog e espero ansiosamente pela nova postagem...
    bj

    Isabella

    ResponderExcluir
  3. Também fico pensando sobre esse premio de barras de ouro. Tem que derreter ,mas eu acho que é ilegal, vc chega lá na loja e pede pra derreter um kilo? Ou vc vende ele inteiro? Também acho uma merda, se eu ganhasse, eu ia pedir a minha parte em euros!

    ResponderExcluir
  4. Receber um milhão em barras de ouro é meu sonho; sempre fiquei imaginando alguém me falando: "você acaba de receber 1 milhão em barras de ouro, que valem mais do que dinheiro". Seria legal, acho eu. Sobre a raspadinha e como abordar com a moça do caixa é de se pensar;
    Sobre gente chata: eu também ando meio sem paciência pra esse tipo de gente. Acho que é até doença, faz uns 10 anos que eu não tenho mais paciência com gente chata. Isso é muito, embora eu goste.
    Pra mim esse criança esperança dá o que promete: esperança e só. Esse pseudo-altruísmo comigo não cola.
    Bom ter os textos de volta.

    Se em algum dia de ócio, precisar de algo (que não seja tão bom) para ler, hahahahaha. Vai ai meu Blog:

    http://marcostrauss.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Muito consigo imaginar vc jogando a sua barra de ouro no caixa do supermercado com uma cara de feliz. rs

    ResponderExcluir
  6. tem uma pessoa na minha frente sofrendo com minhas facadas, aqui no trampo. Ela eh mto chata!

    ResponderExcluir
  7. Muitissímo bem afiadas estas tuas facas... Haha!

    ResponderExcluir
  8. hahaha essa questão das barras de ouro foi boa!

    ResponderExcluir
  9. Olha, eu fiquei imaginando quanto pesa um milhão em ouro e ficar raspando as barras para pequenas despesas.... otimo isso!

    Não gosto desse criança esperança... a globo ganha 10 vezes mais em publicidade do que é arrecadado, e porque ela não dá logo o dinheiro para a caridade ao invés de fazer essa "comoção" nacional..... enfim meu pitaco.

    bjs

    ResponderExcluir
  10. adorei, matei as saudades rindo demais...beijo!

    ResponderExcluir
  11. Teu blog é um dos melhores que já li na vida, se não for O melhor!! É bom demais, teu texto é ótimo e teu sarcasmo nem se fala ...
    Por mim você podia atualizar o blog 40 vezes por dia ...rs
    Parabéns !!!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Natalia
    vim conferir as Facadinhas e desejar um bom final de semana.
    Abraço

    ResponderExcluir
  13. Mas quem é o mais chato -yourself- ou seus amigos...porque, convenhamos, conversar sobre o próximo Criança Esperança é tão chato quanto fazer um bolão do próximo 'Miss Universo' ou assitir uma entrevista completa do João Gilberto no Amaury Jr. Os contrários não se atraem (em se tratando de chatos), fuja enquanto é tempo!

    ResponderExcluir
  14. A Rene Russo? Essa foi ridícula.

    ResponderExcluir
  15. o que você pensa sobre o Renato? :/

    ResponderExcluir
  16. PS: O comentario a seguir apresenta alta dose de psicose, ou pelo menos muito tempo livre.

    nem sempre zero dividido dividido por qualquer numero da zero.

    zero sobre zero pode ser igual a 1, ou 0 ou ate mesmo infinito.

    Google it!

    ResponderExcluir
  17. De conversa chata e sem noção, meu ambiente de trabalho tá cheio. O f0d@ é que às vezes tenho que me fazer de sonsa, não posso dar logo as facadas, pois quando faço isso são exagero e acabo me dando mal.
    Ai, ai...quando o dia tá assim, me aguento com o fone de ouvido no último volume, tocando um rock nervoso. Kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  18. Achei que só eu pensava que Renato Russo era super-estimado pelas pessoas...

    ResponderExcluir
  19. nossa, tem gente muito melhor do que o Renato Russo. o Latino, por exemplo. o Michel Teló... pérolas do cancioneiro nacional. desculpe, não resisti ao meu momento facadinha...

    ResponderExcluir

 
Designed by Thiago Gripp
Developed by Márcia Quintella
Photo by Biju Caldeira