natalia

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Pelotão, sentido!


Não me considero uma garota difícil. Posso ser neurótica, paranóica e obsessivo-compulsiva, mas, tirando isso, não sou exatamente complicada.
Nunca fui boa em joguinhos, apesar de dominar todos eles na teoria. Não minto bem, apesar de ser uma razoável intérprete de mim mesma.
Quando se trata de sentimentos, meu primeiro impulso será sempre o mais legítimo.
É por isso que eu não me conformo com certas atitudes que eu vejo ou escuto falar por aí. Cheguei a elaborar um manual de como chamar uma psicótica para sair e, apesar de algumas regras terem suas exceções, existem aquelas que precisam, invariavelmente, ser respeitadas. São invioláveis, como os códigos guerra.
A primeira delas diz respeito à antecedência. As únicas pessoas para quem eu ligo em cima da hora são os meus amigos mais próximos. E eu estou falando de quatro, cinco pessoas no máximo. Para todos os outros, no mínimo, uma hora.
Então, veja bem. Se eu tomo esse cuidado todo com quem eu sequer troquei fluidos corporais, imagina com quem eu tenho um histórico de intercâmbio. Minha regra é: quanto mais complexo for o histórico, maior a atenção que deverá ser dada a antecedência.
Porque quando você chama uma pessoa para sair tão em cima da hora, é quase como se você dissesse: "olha só, eu tava por aqui mesmo, ninguém pôde vir, então eu te liguei" - o que, para um amigão, pode até ser aceitável. Mas se há um histórico, é bom ter disciplina.
Isso inclui ligar mais cedo e perguntar o que a pessoa quer fazer ou que filme ela quer ver - deixando claro que o plano é encontrá-la, independente da programação do Segundo Caderno ou da proximidade geográfica do cinema em relação a sua casa.
Outra coisa que me incomoda - e que, na minha opinião, fere os códigos de guerra - é a falta de firmeza nas decisões.
Imagine que você está num pelotão. Se você der um passo à frente, amigo, já era. Não dá mais pra voltar. "Ou vai ficar de veadagem?", o comandante vai questionar.
Antes de assumir uma posição, pense. Porque uma vez dado esse passo, será bastante patético olhar pro lado, assobiar e fingir que não é com você.
Se for pra tomar uma iniciativa, tome-a com firmeza. Caso contrário, nem se dê ao trabalho. Pede pra sair! Que o pelotão se vira bem, aspira.

11 comentários:

  1. sempre desconfio daqueles que me ligam em cima da hora...

    ResponderExcluir
  2. Eu tb desconfio dos q ligam assim do nada..Mas tenho q admitir, raramente me controlo e digo um "NÃO"..Aii já viu né?! Me arrependo horrores no dia seguinte..rs!

    ResponderExcluir
  3. Pois é... as vezes é terrível quando me ligam encima da hora, eu preciso de tempo para me preparar psicologicamente para tudo (seria eu psicótico também?). Mas tem horas que eu gosto dessa espontaneadade, do "de repente". Mesmo quando eu estou de pijama colocando aqueles lembretes da NET nos programas que eu vou querer assistir no decorrer do dia e, do nada, o celuar toca e é aquela pessoa especial com um convite totalmente inesperado e, principalmente, encima da hora.

    ResponderExcluir
  4. Oi guria!
    Tá a fim de sair pra ver um filme e tomar um chopp?? assim, tipo.. 12 de fevereiro tá bom pra vc? a gente pode marcar mais pra frente se tiver muito em cima, e talz... ;P

    ResponderExcluir
  5. AMEI o comentário acima.
    hehehehe
    Tô me matando de rir. hehehehe
    Assim como todas as outras mulheres também desconfio de convites inesperados e em cima da hora, mas todos os últimos convites que recebi com uma razoável antecedência foram um fracasso, então, passei a preferir os instantâneos. "Oi! Tá em casa? Desce!" - ADORO!

    ResponderExcluir
  6. Gabriel e Natacha,

    Sou completamente a favor da espontaneidade. Acho, inclusive, que a pessoa ganha pontos por isso. É muito bom ser surpreendida.
    Só que existem momentos em que eu prefiro o cuidado a impulsividade.

    Mari B.,
    Não precisa se controlar. Chega uma hora que o "não" vem sozinho, sem esforço.

    Che...
    O encontro é de verdade ou você só decidiu me provocar publicamente?

    ResponderExcluir
  7. É, o não vem naturalmente.

    De tantos e tantos encontros marcados na última hora, agora eu só aceito o dos amigos, também de uns 3 ou 4 e olhe lá.

    Adorei seu blog. Uma amiga me mandou o link pq achou seus textos parecidos comigo, rs...

    Beijos,

    ResponderExcluir
  8. Essa foto me lembrou seu Manual: http://25.media.tumblr.com/tumblr_m5iwtykoWN1rtzk1jo1_500.jpg

    ResponderExcluir
  9. Given article is very helpful and very useful for my admin, and pardon me permission to share articles here hopefully helped :

    Cara Menurunkan Trombosit Tinggi
    Obat Nyeri Dada Ampuh

    ResponderExcluir

 
Designed by Thiago Gripp
Developed by Márcia Quintella
Photo by Biju Caldeira