natalia

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

"Hang on to your ego"


Estava conversando com um amigo novo. Não que eu acredite em novas amizades, muito menos em amizades entre homens e mulheres. Mas eu estava conversando. Com um cara.
A questão é que ele possui algumas semelhanças assustadoras comigo - especialmente no que concerne às inseguranças e paranoias. Não que eu me importe em ouvir as lamúrias alheias. Na verdade, eu adoro. Faz eu me sentir menos miserável e mais parte de uma comunidade global do eterno sofrimento humano.
De toda forma, lá estava eu, ouvindo meu novo amigo heterossexual e atraente falar sobre como ele é inseguro e sobre sua visão deturpada de si mesmo. E enquanto ele descrevia seus medos de ser desinteressante, enfadonho e mal apessoado, eu não pude deixar de pensar em como toda aquela loucura derivava de um ego enorme.
E justamente por me identificar com todo aquele drama, a associação de ideias foi inevitável. Eu era como ele. E por trás das minhas inseguranças e do meu complexo de inferioridade, escondia-se um narcisismo exacerbado e uma enorme capacidade de passar horas pensando em mim mesma.
Sim, porque uma pessoa deliberar sobre seus próprios defeitos e incapacidades não deixa de ser uma forma torta de passar uma boa quantidade de tempo circulando pelo seu próprio umbigo. E eu sou essa pessoa.
A vantagem é que, pouco a pouco, eu vou me curando das minhas insanidades. A desvantagem é que um dia desses eu vou ter alta e vocês bem vão sentir minha falta.
Não vão?

MÚSICA enviada por outro cara. Não exatamente um amigo, nem exatamente novo, mas com excelente gosto musical.

149 comentários:

  1. Acredito, no meu caso, o contrário, eu evito ao máximo pensar nos meus defeitos.
    Eles terrivelmente me enlouquecem.

    ResponderExcluir
  2. Como não descobri essa adorável psicótica antes?!?! Um amigo me indicou o blog dizendo acha-lá parecida comigo e a minha pergunta foi: Pelo fato d eu nunca ter namorado? - Por eu ser meio depressiva? Ou por eu ser uma adorável psicótica? Acho q as três alternativas... Adorei o blog!!

    ResponderExcluir
  3. NAO ACREDITO QUE TO SENDO O PRIMEIRO A POSTAR!! O/
    mas enfim, é verdade, as vezes a gente acha que é o centro das atençoes quando na verdade não é. mas isso nao se enquadra no seu perfil, afinal, voce exatamente por causa desse egocentrismo misturado com um talento nato, conseguiu realmente ser o centro das atenções para milhares de pessoas que se identificam com você. nao deixe de ser psicótica, pois é isso que vai fazer voce tão especial dentre as celebridades fúteis e burras que existem por aí. porque sim, qualquer dia você com certeza vai ser famosa nao só para pessoas estranhas e anti socias como todos daqui ( inclusive eu né).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E continue não acreditando, porque você realmente não foi o primeiro a postar e sim o terceiro.

      Excluir
  4. Eu digo mais, tenho uma teoria que ouvi um dia pelo mundo: Só enxergamos nos outros nossos próprios defeitos, só que em níveis diferentes... Pois só o habitual, eu corriqueiro se reconhece assim logo de cara!!! o desconhecido demoramos a compreender!

    ResponderExcluir
  5. nao fui p rimeiro a postar :(

    ResponderExcluir
  6. Estava eu fuçando no blog hoje mais cedo em busca de um 'post perdido', vai que tinha um novo e eu não vi né, já estava com saudades... E eis que um post novo surge no horizonte! kkkkkkkk Gostei demais! Sempre muito bom 'ouvir' você contar qualquer história, elas sempre ficam interessantes! Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Vivo falando dos meus defeitos, pelo menos eu não sou a única a ver como isto é egoísta e narcista, mesmo que falemos coisas estranhas de nós.
    Um paradoxo? Talvez.

    ResponderExcluir
  8. Acho que de vez enquando é bom olharmos para os nossos defeitos, porque olhando pra eles podemos ver o que pode ser melhorado. Espero que não tenha alta tão cedo porque concerteza iremos sentir sua falta. Adoro seus textos e seu trabalho no multishow. Muito sucesso pra você. Bjo.

    Pequeno Principe.

    ResponderExcluir
  9. Sentir saudade de vc ? Tá brincando ? HAHAHAHAHA Claro né ):
    Feliz em ver um novo post aqui. Escreva sempre que sentir vontade querida, nós agradecemos.
    Considero que todo mundo já se pegou falando só de si, dos seus problemas, dos seus complexos, das suas tristezas e blábláblá. Mas acho importante a auto-capacidade de descobrir o que precisa ser mudado, superado, renovado, o problema é que muitas pessoas não querem superar seus defeitos e insaniedades, elas só querem falar e pensar em si.
    Se tivermos que te ver tendo alta um dia Natalia, que seja para um novo momento, o da felicidade. E não precisa ser a felicidade perfeita, porque essa não existe. Só precisa ser a felicidade simples de se sentir bem consigo mesmo.
    Bjs querida :*

    ResponderExcluir
  10. Esse cara sou EU! Não que seja eu, mas ele é muito parecido comido, tipo MUITO PARECIDO comigo! Ele deve ser algum outro "eu" de algum outro universo paralelo, que apareceu na minha vida pra me mostrar que eu sou muito metido, mesmo sem querer! E até nesse pequeno momento de meditação e reflexão eu me acho (talvez sem querer) o centro de tudo! A pergunta que fica é: Será que isso tem remédio?...

    ps: obrigado Natalia, por me esclarecer essa questão que, sem você, me torturaria por longo período de tempo!

    ResponderExcluir
  11. Hahaha, interessante ponto de vista. Mas é verdade... não é só porque uma pessoa só enxerga seus própios defeitos, que ela não tem um EGO enorme. Afinal, está pensando apenas em si mesma.

    ResponderExcluir
  12. Graziela, RS.
    Mto incrível vc!
    Essa história aí do ego é vdd!
    Olha só hj é sexta feira 13, na minha cidade o tempo ta um coco, tipo cenário de filme de terror, to 'trabalhando', com fome, mas após ver no twitter que tinha post novo me animei.. tipo mto. Como pode isso? Graças a vc sua geniazinha!
    Manda aí um vlw pra sua mãe, mas manda msmo! Pq afinal sem ela não existiria vc. (ta eu sei teu pai tem parcela nisso, mas prefiro mamães!, deve ser problemas de complexo de Édipo)
    vlw vlw

    ResponderExcluir
  13. xeque mate, dear...
    quando vc estiver mais bem resolvida, virão outras questoes, nao se preocupe, esse negocio de paz são só intervalos. Adorei muito, beijos!

    ResponderExcluir
  14. verdade verdadeira. mesmo se a pessoa está se execrando faz horas, ela está SE execrando, SE criticando... e o subject preferido continua sendo ela mesma...

    Adoro seu blog e a sua série

    beijo

    ResponderExcluir
  15. Será que na cura das suas insanidades, vc não terá dúvida da cura realmente?? Ou será ao contrário? Mesmo assim, com vc curada, estaremos aqui pensando a mesma coisa...será que a cura realmente veio, ou somos doidos pensando no mesmo que vc?? Adooro seus textos...um beijao e ótimas gravações pra vc e toda equipe!! Em especial pro cara de bigode...acho ele um super cafajeste...mas quem não adora um cafajeste??

    ResponderExcluir
  16. Oi Natália, li o texto e bateu uma dúvida: Vc tem medo de ficar curada e perder seu talento? Ou seja, esse egocentrismo é o combustível para o que vc faz?
    Ouvi de uma pessoa esse medo e fiquei pensando, será?

    Quanto a sentir sua falta, é óbvio!!! Mas acredito que vc não pararia de escrever, o momento será outro com novas descobertas, e mais aventuras para desvendar.
    bjs, Patricia Araújo.
    (acho que vc já sabe minha resposta da pergunta acima né? rs)

    ResponderExcluir
  17. acredito, que o fim está próximo ! :/ Com certeza sentiremos falta. Talvez procuraremos buscar alta por nos mesmos. Amei o post como todos.

    ResponderExcluir
  18. Nunca me identifiquei TANTO com um texto seu. Adorei!

    E sim, vamos sentir muita falta.

    ResponderExcluir
  19. Oi gt, oi Natália,
    Seu blog é um sintoma e um remédio para suas insanidades? É uma questão realmente interessante. Espero que essa amizade lhe faça bem e desafie sua falta de crença na amizade entre homens e mulheres. Bem vinda de volta em 2012. Abraços.

    ResponderExcluir
  20. Gostei desse seu ponto de vista, essa ótica diferente. E tenho a sensação de que realmente, quando a pessoa passa tempo demais se analisando, pode estar se supervalorizando, na verdade. Conheço alguns amigos meus que tem essa sensação de que são vítimas, que o mundo os persegue, que são incompreendidos...um amigo meu classifica como "síndrome do coitadinho", mas pode muito bem ser um narcisismo disfarçado.
    Feliz 2012 e longa vida a seu blog!

    ResponderExcluir
  21. Sempre me comparei ao personagem John Dorian, de Scrubs, no sentido de ser o paradoxo ambulante entre um ego extremamente inflado e um severo complexo de auto-estima (como pode?)

    ResponderExcluir
  22. Conseguir falar de nossos defeitos é sim uma atitude egoísta, mas em contra partida é também uma atitude de humildade. Ao falarmos de nossos defeitos, estamos mostrando que somos humilde o bastante para assumir o que está errado em nós e que devemos procurar a melhorar.

    Ah, claro que vamos sentir saudades da psicótica mais adorável! ;)

    ResponderExcluir
  23. Não sentirei, prefiro ver voce na tv com voz e movimento.
    E voce tem razão, não existe amizade entre homem e mulher. Esse seu "amigo"está querendo te enganar pra te pegar. Esse é um truque old school. Portanto não caia nessa e continue aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, o Blog melhorou! Agora as pessoas podem interagir respondendo os comentários umas das outras. Grato Natália.

      Emilio Mann
      Com voz e movimento: Lembra do episódio do adorável psicose onde Natália encontra um trio no bar, um homem e duas mulheres, todos da terceira idade, que nunca se casaram mas que eram amigos desde a juventude? Quando ela experimenta sair com eles e tem cena da piscina?
      Então, olha ai a amizade entre homens e mulheres.

      Natália, você exibe uma inteligência emocional capaz de discernir se esse novo cara está sendo sincero ou se é truque. E também é senhora da própria vida o suficiente para decidir se quer "cair nesse truque" ou não... rsrsrs

      Excluir
    2. Sim, o tiozinho só queria pegar a mulherada.
      Tanto que deu um peguinha básico na psicótica, a amiga nova.
      Antigamente não tinha tanta "torta" por aí, por isso ele tratou de manter as "amizades" femininas.
      Hoje em dia não existe mais isso. Eu por exemplo, sou inimigo das mulheres, só quero saber de engana-las.
      Não caia nessa psicótica.

      Excluir
  24. Vamos sentir a sua falta, querida psicótica. Melhor evitar isso!

    ResponderExcluir
  25. Primeira vez comentando aqui. Aparentemente cheguei tarde, pois você parece estar dando alguns sinais e alertas de que o blog será abandonado, mas se isso significar sua "cura", que assim seja.

    Defendo que não necessariamente as pessoas precisam largar suas paranoias e demais defeitos, apenas têm que aprender a ter sempre controle da situação para para obterem sucesso nos diversos setores da vida. Quero dizer que ninguém deve tentar mudar da água para o vinho (sou cético quanto a isso), porque pode perder sua identidade - algo de valor inestimável e que jamais deve ser largado.

    Aliás, acho sua psicose um grande charme seu.

    ResponderExcluir
  26. Acho que na verdade todos nós somos um tanto "ego-narcisistas", prova disso é a quantidade de vezes em que paramos para conversar sobre nossas infelicidades, não que não seja importante desabafar, mas quase sempre nos preocupamos mais em falar sobre nós do que escutar a outra pessoa. Nunca escondi meu egocentrismo, mas isso não quer dizer que eu ache os meus trabalhos de designer uma maravilha, nem que os textos do meu blog são perfeitos, e confesso, por muito tempo transformei o meu blog em um monólogo sobre dor de cotovelo!
    Sinceramente eu sentiria muita falta da sua psicose, até por que, é ela quem te faz ser tão especial assim! Nem todo defeito é precisa ser um defeito!

    ResponderExcluir
  27. Pra completar a felicidade do meu dia, eu vejo que tem post novo aqui *-*

    ResponderExcluir
  28. Natália, adoro quando você posta novas histórias em seu blog, claro que sentiremos sua falta, mas esse dia nunca vai chegar, vc nunca irá nos abandonar!

    Beijos simone.

    ResponderExcluir
  29. E é claro que a gente vai sentir sua falta *-*

    ResponderExcluir
  30. Vamos fazendo catarse mas novas angústias surgem... desta forma não acredito em sua cura completa rsrsrsrs... mas se isso acontecer com certeza sentirei falta. Bjos Paty

    ResponderExcluir
  31. Resumindo, será que se vc for menos psicótica será menos adorável?

    ResponderExcluir
  32. Se Deus permitir vc nunca terá alta... Como ficaríamos!

    ResponderExcluir
  33. Acabei de lhe conhecer, mas acredito que sentirei falta sim.

    ResponderExcluir
  34. Baby, vc é interessante por ser assim.

    ResponderExcluir
  35. Gostaria de saber quando o seu programa volta, ou não vai voltar?

    ResponderExcluir
  36. Já viu a promoção que ta rolando solta no blog O Leitor?
    Ainda não?
    Então corre, que até o dia 05 de Fevereiro você ainda pode concorrer a um dos 6 livros que estão sendo sorteados.
    Beijos e espero você lá,

    Pamela.

    ResponderExcluir
  37. Eu tenho problemas com meu ego. Às vezes, ele me consome e não permite que eu me aproxime das outras pessoas. No meu íntimo, ele pede, implora, exige que todos sejam tão perfeitos quanto eu, e aqueles que não são acabam sendo eliminados do meu rol de interações. Daí acabo sempre interagindo comigo mesma, o que não deixa de ser uma coisa muito legal, porque sou mesmo uma pessoa interessante e adoraria me conhecer melhor.

    ResponderExcluir
  38. Natália, acho que pelo menos nesse assunto sou muito parecida com você, mas foi só lendo seu texto que pude perceber tal identificação acho que agora está na hora de começar a mudar certas atitudes minhas. Benvinda ao ano de 2012 com muito sucesso pq vc merece.
    BJS
    Vivi

    ResponderExcluir
  39. falta?? claro q sim!!! sem alta pra vc...

    ResponderExcluir
  40. Fico feliz que tenha voltado a escrever...
    Se um dia você se curar e se for?
    Só me resta reler tudo que você deixou escrito por aqui, rever os vídeos...
    Rever a minha psicose através da sua...
    No mais, beijos!

    ResponderExcluir
  41. Mas que fique bem claro:
    EU NÃO GOSTARIA QUE VOCÊ PARTISSE!
    NÃO PARTA, POR FAVOR, POR FAVOR, POR FAVOR,POR FAVOR, PORFAVOR, POR FAVOR,POR FAVOR, POR FAVOR, POR FAVOR, POR FAVORRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR

    (Este trecho final claro que é by Natalia Klein.)

    ResponderExcluir
  42. Lamento informar, mas esta amigo novo ou é gay ou só quer te comer.
    Porque, sinceramente, não existe homem que fale de suas inseguranças assim, de graça.

    ResponderExcluir
  43. Esse post sim, é bom como os antigos. E The beach boys é ótimo! Continue escrevendo assim...

    bjoss

    ResponderExcluir
  44. Você não pode partir. O mundo não teria graça sem você! ;)

    ResponderExcluir
  45. olha eu li seus textos e me fiquei chocado com semelhança da nossa neurose, olha se vc quiser um novo amigo psicótico(um amigo gay que não vai tentar te comer)meu facebook esta a sua disposição

    ResponderExcluir
  46. Ah, quando desencanei destes pensamentos com certeza tudo ficou menos pesado e enfadonho... (com o tempo as coisas se resolvem, mas temos que correr atrás constantemente)...
    Att.,
    Luks

    ResponderExcluir
  47. André Steinbrecht16 de janeiro de 2012 12:57

    Garota, você é incrivel! Eu me identifico demais com você... Agora isso! Finalmente consegui me desvendar por inteiro, e ainda bem por um texto seu! OBRIGADO!
    A propósito, vou sentir sua falta na tv! Você é ótima atriz. Adorava a Nikita! =)

    ResponderExcluir
  48. Adoreeei !! hauhuaha...Particularmente perco horas do meu tempo pensando em mim mesma, em minhas atitudes, refazendo momentos em minha mente, e tentando prever minhas ações.....ê ego monstruoso ne?!

    ResponderExcluir
  49. claro q vou e vamos sentir sua falta.Vc é demais!

    ResponderExcluir
  50. vc é demais! Claro q sentiriamos sua falta. Vc ja faz parte da vida de mtas pessoas.
    bjo linda. (amo seu look,maquiagem...)

    ResponderExcluir
  51. Tento não ser tão narcizista, já fui assumido, mas hoje em dia quando olho no espelho penso " quem será esse gordinho ai? Sai dai deixa eu me ver?" na minha mente ainda tenho 22 anos e sou magro como ja fui, o espelho revela um senhor de 32 anos, Não me reconheço, não sou eu não aceito em minha mente sou um no reflexo sou outro. poft!

    ResponderExcluir
  52. Perco horas do meu tempo pensando em coisas que eu quero fazer, não como eu sou ou deixo de ser. Dá no mesmo?

    Natália, quero de mandar uma história do encontro mais desastroso que já tive na minha vida, foi nesse domingo agora. Preciso compartilhar com você porque lembrei muito dos seus episódios. Posso te mandar um e-mail?Qual é?

    ResponderExcluir
  53. hahahaha... brilhante pensamento!!!

    Quanto à sua alta??? hummmmmm desejo uma neurose obssessiva-compulsiva eterna para vc...
    caso contrário, sentiria muita falta... Com qual blog eu me identificaria tanto???

    ResponderExcluir
  54. Super me identifico com seus textos. Adoro a série no Multishow. E venho várias vezes aqui checar se tem post novo. Obrigada por esse dom que vc tem!

    ResponderExcluir
  55. Sempre li seus textos como se você fosse a irmã mais velha que eu nunca tive.E por mais que você não acredite aprendi muito.Aprendi principalmente a não me sentir mais estranha do que os outros.E sim, vou sentir saudades dos seus textos. Muita saudade. Mas como "irmã mais nova" fico muito feliz que você esteja bem. Só tenho a agradecer :)

    ResponderExcluir
  56. Encontrei a série do nada, no Youtube, e me apaixonei instantaneamente. Já passei para vários amigos e inclusive peguei algumas pequenas manias bobas e 'bordões' (não, natália! Não, Natália! Não, Natália!).

    Enfim, apenas resolvi comentar desta vez para falar o quanto eu gosto tanto da série quanto dos textos, e que a adaptação é muito boa.

    ResponderExcluir
  57. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  58. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  59. Eu até que acredito em amizade entre homem e mulher. Juro que me assusta muito mais a ideia de encontrar alguém assim tão parecido comigo em seus defeitos haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa,
      Admiramos as pessoas por suas qualidades, mas nos afeiçoamos a elas por seus defeitos.
      É como um quebra cabeças onde as peças se encaixam por suas formas complementares. ;)

      Excluir
  60. ...alta? Você?? KKKKKKKKKKKkKKK (risadas da doutora Frida)....

    ResponderExcluir
  61. A adoravel psicotica vai nos trocar por sexo entre amigos. Já vi tudo...

    ResponderExcluir
  62. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  63. Nathalia, a minha teoria é que nossas chagas emocionais são como uma doença crônica, que não tem cura, mas tem controle. hahaha. As neuras estarão lá sempre, apenas aprendemos a lidar com elas e cair cada vez menos nas nossas esparrelas, que estão lá, mas vão ser menos frequentes. Mas isso é só um palpite psicótico, da melhor filosofia de botequim. Um abraço, Silvia Rosa.

    ResponderExcluir
  64. Vou sentir muita falta dessa sua cabeça paranoica!!! Mas torço pra que supere tudo isso, porque deve ser difícil hein...

    ResponderExcluir
  65. Adoro sua maneira de escrever. Acompanho sua série, fiz todos da minha família gostarem de você! :) Mas bem que no fundo acredito que sou uma das únicas que te entende realmente e consigo ver profundidade no que soa apenas engraçado para os outros. Ah! você é phoda com PH, justamente por não se achar assim, sabia? Te desejo um 2012 incrível e mesmo correndo o risco de você receber alta (seria triste a sua distância, porque pessoas bem-resolvidas escrevem menos, acredito eu), quero que seja muito feliz. Um beijo! - da sua fã: Priscila Machado.

    ResponderExcluir
  66. Natalia você é imperfeitamente perfeita!Adoro ver suas séries e seu blog!Acho que quase todo mundo,de uma forma muuuito maluca se identifica com você!Um beijão

    ResponderExcluir
  67. Espero que vc precise sempre de nós leitores e analistas!
    Coincidentemente escrevi um conto sobre analista no meu blog...seria uma honra: www.obolinhoqueavovofaz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  68. obviamente que vamos...rs...adoro seu blog e me amarro muito no seu programa.... quem sabe nao nos esbarramos numa cobal da vida? rs muito sucesso. bjao

    ResponderExcluir
  69. Natália você é incrível! Se o seu ego é gigante, então todos nós que nos identificamos com as suas histórias, somos um grupo de pessoas com ego gigantesco. E opinião dos detratores não merece nada além de um Fuck off...
    Um bjo

    ResponderExcluir
  70. Natália, descobri seu blog um dia desses e desde então não paro de ler. Virei mais uma fã sua, e quando tô na net, ou tô lendo seus posts antigos ou vendo os epísodios da sua série. Fazia tanto tempo que não encontrava um humor com o qual me identificasse tanto. Enfim, parabéns pelo seu trabalho.

    Só que o motivo do meu comentário é outro: tava passando pelos canais de Tv (e dando os 3 segundos necessários) e parei no Esquenta pq vi a sua pessoinha lá. Confesso que estranhei, tanta efusividade não combina com você. Mas ver aquele paspalho ao seu lado tentando fazer uma piada a cada 15 segundos e observar a sua carinha de "ninguém me avisou que eu teria que aguentar isso" é impagável. hahahaha (4 has, pq sou uma pessoa normal.)

    ResponderExcluir
  71. Olá :)
    Tô passando pra te mostrar o meu novo blog, http://artenarotina.blogspot.com
    Ele é uma forma de jornal virtual completamente voltado pra cultura; então vale a pena seguir e conhecer ótimas dicas de livros, filmes, músicas e artistas!
    De qualquer jeito, mt obg pela atenção.

    ResponderExcluir
  72. ótimo texto Natalia, também curto muito sua maneira de escrever . : )

    ResponderExcluir
  73. Muiita falta, Natalia!!!

    ResponderExcluir
  74. Acho que você nunca terá alta. O problema é você arranjar um namorado e nunca mais aparecer. Disso tenho medo.
    Bablas

    ResponderExcluir
  75. putz vc me deixa sem palavras ... subornaremos dr Frida para que a alta nunca chegue!
    karine

    ResponderExcluir
  76. Alta? Jamais, ser normal não é tão legal quanto parece!

    ResponderExcluir
  77. O PROGRAMA DESTA SEMANA TÁ MT ENGRAÇADO, ACABEI DE VER.

    ResponderExcluir
  78. O fato de eu gostar tanto dos seus posts, artigos, blas blas blas e seu naipe está diretamente relacionado ao fato de eu ser uma psicótica?
    Acho que não, né?....a gente nunca tá satisfeita com a gente mesma.

    Just a comment!! Forget it.

    ResponderExcluir
  79. Você me faz pensar que 2012 não é tão ruim assim

    ResponderExcluir
  80. Ah, Psicótica, mas essas alegrias violentas têm mesmo fins violentos...

    Espero que o fim do Adorável Psicose não possa ser visto no horizonte... É melhor quando as boas coisas terminam sem aviso prévio; dá menos chance da gente sofrer depois.

    ResponderExcluir
  81. Acho seu trabalho muito interessante, continue assim pintando a realidade do jeito que quiser. Passei aqui também para divulgar meu blog se achar bom bem mas se não achar tudo bem abraços... www.joeynous.blogspot.com

    ResponderExcluir
  82. Música fofa e que bom ver post!
    Toda vez que me pego na depressão da humanidade tosca solitária lembro do episódio do cinema que vc encontra seu ex-peguete e diz "tô saindo com vários caras, tipo assim, váaaarios"..kkkk
    Adoro isso.

    ResponderExcluir
  83. Natália adoro seu blog, me identifico mtu com suas histórias, a diferença é que com sua maneira única de contar tudo fica mtu mais engraçado. Mas eu sei o quanto é difícil essa relação com os homens, estou em análise há alguns anos e acredite, melhorei mtuuuuu, mas ainda não foi o suficiente pra ter meu primeiro namorado. E estou de saco cheio dessas pessoas "positivas" que tentam nos consolar com os tipos de frase: "No tempo certo acontecerá", "Você é linda, alta e inteligente, quando menos esperar acontece"... esperar??? esperar quanto tempo??? Já esperei demais!!! E se mesmo tentando está difícil , acho que a melhor coisa estamos fazendo... poder falar sobre isso nos aproxima muito da esperança de um dia não precisar falar mais disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Anônimo/a
      A evolução natural agora parece ser: peguete, ficante, rolo e aí namoro. Quer começar pelo final?
      Tenho certeza de que alguém perto de você te quer e que você nem olha
      pra esse alguém... Sempre tem alguem na sua chamada "friendzone" te orbitando a fim de você. O normal é que eles sejam invisíveis pra ti pq você é que não acha bom material pra namorar (sempre falta alguma coisa). Esses sempre acabam com as outras e assim se fazem casais felizes.
      As mulheres que só olham pra cima e não conseguem ver em
      volta.
      Buonna fortunna.

      Excluir
  84. Vcs conhecem a história do dedo maldito?

    http://obraincompleta.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  85. Boa Noite ... eu já li alguns dos seus textos antes mais se não me engano essa é a primeira vez que comento ... bem... o que eu gostaria de deixar registrado é de que eu amo o programa adoravel psicose me grudo no sofa todas as vezes (que possivel é claro) acho animado , alto astral , divertido , dou boas gargalhadas ...a criatividade exala ... sucesso, paz e saúde é o que desejo a você !

    ResponderExcluir
  86. Me lembra o paradoxo: quem diz ter complexo de inferioridade é, na verdade, megalomaníaco. Só um Mega-Ego veria problemas em se sentir inferior algumas ou muitas vezes...

    ResponderExcluir
  87. eu tbm sou assim...e nunca tinha parado para pensar que se sentir inferior é uma forma narcizista de ver-se em relação ao mundo...gostei daqui bjks

    ResponderExcluir
  88. A cura vai levar um bom tempo (ainda bem, pois sim, vamos sentir sua falta!), mas a evolução é que é importante. Curta muito o caminho, e nos delicie com estes textos maravilhosos.
    No fundo somos todas muito parecidas, não é?

    ResponderExcluir
  89. Ter um amigo homem é toda esperança de quem passou a virada dos anos 90 assitindo Meg Ryan, principalmente When Harry met Sally, onde o permanente loiro e a calça de cintura no teto sempre combinam, e combinam exatamente porque a amizade que enrola por uns 10 anos termina com um belo amor-e-sexo de brinde. Daí que penteado amizade antiga e cópula viram artigo de luxo não-promocional, cuja nobre missão resume-se a de vez em quando estourar nosso psicótico orçamento.

    ...


    http://problemasconhecidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  90. Querida Psicótica!!

    Acompanho seu blog e a serie, confesso que me divirto
    muito e até me identifico... Estava hoje navegando pela
    internet e encontrei uma matéria que me fez pensar em
    você e no que você diria sobre ela. Acho que vale a pena
    dar uma olhadinha!

    Essa é a matéria:
    http://br.mulher.yahoo.com/blogs/preliminares/descubra-porque-voc%C3%AAs-n%C3%A3o-deram-certo-175815797.html

    E esse é site que é comentado na matéria, confesso
    que entrei e cogitei a possibilidade...
    http://wotwentwrong.com/

    Beijos psicóticos e até breve!

    ResponderExcluir
  91. Putz, mt bom post! Eu passei por algo parecido com uma ex minha. Passávamos hrs nos abrindo e nos analisando juntos. Mas, no final, acho que éramos apaixonados por nós mesmos. Enfim, vc entendeu, né?

    PS: por favor, não ache a cura para vc! rs

    ResponderExcluir
  92. sempre teorizei sobre isso, que complexo de inferioridade é na verdade complexo de superioridade. sabemos nosso valor, achamos que somos melhores que a maioria, ficamos com vergonha por causa de culpa judaico-cristã pelo orgulho que nos atormenta, então só damos ênfase aos nossos defeitos esperando que os outros percebam o quanto somos maravilhosas e nos digam isso várias vezes. tipo várias. só que nem sempre temos consciência da nossa farsa, ou criamos um mecanismo tão eficiente que passamos a acreditar nele. e aí realmente passamos a nos sentir inferiores. só nos momentos de raiva percebemos a verdade. aí falamos demais, damos vexame, nos auto-sabotamos e voltamos para a auto-negação ordinária. só que isso é uma loucura coletiva, porque todo mundo sabe, porque todo mundo finge. só você mesmo pra fazer humor com isso Natalia.

    estou lendo os posts em ordem cronológica, então não é a primeira vez que venho. já assisti às duas temporadas pelo youtube antes de conhecer o blog. gosto do seu jeito de tornar lúdica essa confusão toda que é ser gente. tenho mania de dar loooongos diagnósticos, tipo, laudos, me desculpe se isso te incomoda. mas a culpa é sua - brincadeirinha - afinal você vai bem no ponto das coisas, né...

    então... assisti a um clip hoje, tipo cartoon, e a menina era estranhamente parecida com você. não ligue muito para o roteiro, é até paranóico, mais pra deprê, na verdade, é mais a carinha da moça mesmo.

    http://www.youtube.com/watch?v=txndHN7-1DE&ob=av2e

    ResponderExcluir
  93. Meu nome é Valentina, tenho 12 anos. Sou sua fã,eu e meu pai. Adoramos ler seu blog e assistir sua série juntos, rimos pra caramba. Espero q continue com sua série , sempre acompanho.

    Bjs,Valentina

    ResponderExcluir
  94. oiii, adorei seu Blog, estou seguindo
    me segue se quiser
    beijos

    http://rgqueen.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  95. Tive uma idéia, vamos todos reunir forças mentais e fazer um vudu pra tudo dar errado na vida da psicótica.
    Já notaram que foi só esse tal novo amigo aparecer, que ela sumiu?

    ResponderExcluir
  96. Demais como eu - e tantos outros - me identifico tanto com tuas histórias! Não suma por muito tempo, sentimos falta.

    ResponderExcluir
  97. vc tem q postar mais coisas, seus textos sao geniais!!!

    ResponderExcluir
  98. Isso, vamos todos pedir mais posts que daqui a pouco ela escreve mais um nos xingando de novo.

    ResponderExcluir
  99. Volta ao trabalho, não?!!!!

    Tô ficando psicótica sem seus posts!!!!

    Por favor, não diga ou pense, "i don't give a damn"!!!! Estou viciada nisso aqui!

    ResponderExcluir
  100. Calma, galera! Ela tá gravando mais de 12 hs por dia!Eu vi no twitter.

    Claudio

    ResponderExcluir
  101. Tonhão da Pedreira8 de fevereiro de 2012 02:41

    Cuidado, mulher! Tudo o quê ele quer é apenas alargar o currículo.

    ResponderExcluir
  102. MEu amor pelo seu blog, foi amor a primeira vista! Adorei demais e admiro muito seu trabalho.

    Parabéns! ;D

    http://bastidoresdaarte.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  103. Pode se curar a vontade.... nem vou sentir sua falta... Ahhh e mais... de qualquer forma, caso eu venha a sentir falta em algum minuto miserável do meu dia, como agora, por exemplo, enquanto eu olho meus colegas alucinados do trabalho, eu posso reler seu passado... E... só pra te deixar paranóica, tenho os seus posts salvos, então nem adianta deletar o blog, ok Natália?!

    ResponderExcluir
  104. Interessante você falando em "se curar" até o momento não imaginava você com algum tipo de doença. Mas cada um vê a vida como bem entende, cada um entende de suas próprias doenças como quiser! Hoje minha amiga disse que eu escolho demais, que pareço você, infame! honestamente acho que as pessoas sim que nos escolhem demais! UMBIGOCENTRISTA, pelo jeito a alta não vai ser tão cedo quanto você pretende! Melhor para mim! Bjs Duh Carvajal =)

    ResponderExcluir
  105. Vc é excepcional para uma mulher jovem moderna. As outras costumam ser muito superficiais. Acho que é por isso o seu sucesso. Parabéns

    ResponderExcluir
  106. Falei p minha terapeuta sobre o seu programa, ela me olhou estranho, senti q fui reprovado. Demorei um ano na terapia p descobrir que tb tenho psicose e é tão bom encontrar alguem com o mesmo diagnóstico, quase tão bom como quando eu descobri q era gay. Disse isso pq sei q vc pode achar q poderia rolar algo entre a gente e sei lá, vc é psicótica e como tal sei que isso é possível pq eu faço isso o tempo todo. Minha sócia por exemplo; sempre acho que ela está tramando algo contra mim, já entrei no e-mail dela e vasculhei a sua mesa. Um dia eu pego essa vaca!
    Parabéns pelo sucesso e bjs.

    ResponderExcluir
  107. Natalia pode ficar tranquila, vc está longe de ser a unica psicotica e o principal a unica a sofrer! Sendo bem sincera tbm me sinto melhor ao saber que tem outras pessoas sendo infelizes assim cm eu! Beijo

    ResponderExcluir
  108. Natalia EU ADORO o seriado e comecei a adorar mais ainda quando comecei a ler o blog.
    Quando tiver tempo livre rsrs ,que deve ser dificil, leia algo do meu =]

    http://jujubademacho.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  109. Natááááália! rs
    Não consigo pensar nesse nome sem lembrar do grito que a personagem da sua patroa dá no seriado...mas, enfim... sempre fui blogueira e quando comecei, ha uns 10 anos atrás, eu conhecia poucas pessoas que tinham blogs...eu conhecia mais blogs do que pessoas, entende? Agora, tem até filme e seriado baseado em blog... Não que eu pretenda um dia estar na tv...que isso... acabei com as possibilidades disponiveis disso acontecer quando tranquei o curso de jornalismo pela metade porque meu estágio seria numa emissora...Enfim, legal isso acontecer, blog hoje em dia tem mais credibilidade. Tudo bem que alguns não deveriam ter, mas...
    Gosto muito do seu seriado, levei um susto quando vi você dizendo pela primeira vez: "Não! Ouço na minha cabeça" pois eu já fui motivo de zoação na escola quando dizia isso...
    O blog que segue junto com este comentário nasceu por causa do curso que vou iniciar este ano: Serviço Social.
    Até mais... Beijos.

    ResponderExcluir
  110. Olá!
    É um grande prazer conhecer seu blog e poder ler o que escreves.
    Acredito que quando escrevemos com prazer conquistamos amigos e fiéis amantes das palavras. Sabemos o quanto é difícil levar a nossa voz, as nossas angustias os nossos sonhos às pessoas. Mas o mais importante é saber que você e eu gostamos daquilo que fazemos.E acreditamos que o mundo pode se tornar bem melhor através de nossos escritos.
    Grande abraço
    Se cuida

    ResponderExcluir
  111. nossaaa!!!adoro seu programa.natalia, e surpreendentemente tenho as mesmas neuras loucas q vc...acho que voce eh a melhor comediante dos ultimos tempo,e indiscutivelmente melhor que esses comediantes que fazem stand up...adoro o tipo de humor que voce faz sobre coisas normais e tranquilas que sao expostas e colocadas mais intensa. olha,de todos os episodios que eu ja assisti, o melhor deles(q poderia virar tema de outro programa,como tb poderia ser tema o surto de pessoas casando) foi o da sindrome de mestre dos magos!! amei total, e ja me aconteceu algumas vezes!adoro seu visu meio retro ou vintage? enfim...acho desesperador as mulheres independentes e sabias da nossa geraçao q estao casando aos montes muitas vezes sem amor,so pra se sentir segura,sei la...bom,parabens pelo programa!!!

    ResponderExcluir
  112. Natalia no Cinema com Rapadura!

    http://cinemacomrapadura.com.br/colunas/series-tv/250533/seriestv-natalia-klein-fala-sobre-o-sucesso-de-adoravel-psicose/

    =D

    Parabeeens, Natalia! Muito e muito mais sucesso!

    ResponderExcluir
  113. Vem cá! Já tentou cruzar seu mapa astral com o rapazinho do diálogo? Vai que... (o signo pode dizer alguma)!!
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  114. Proverbs for Paranoids:

    1. You may never get to touch the Master, but you can tickle his creatures
    2. The innocence of the creatures is in inverse proportion to the immorality of the Master
    3. If they can get you asking the wrong questions, they don't have to worry about answers
    4. You hide, they seek
    5. Paranoids are not paranoids because they're paranoid, but because they keep putting themselves, fucking idiots, deliberately into paranoid situations

    ResponderExcluir
  115. Querida(o) amiga(o). Estou fazendo uma Campanha de doações pra ajudar os jovens rapazes que estão internados no Centro de Recuperação de Dependentes Químicos onde meu filho está interno também.Lá tem jovens que chegam só com a roupa do corpo,abandonados pela família. Eles precisam de tudo:roupas masculinas,calçados,sabonetes,toalhas,pasta de dentes,escovas de dentes,de um freezer, Roupas de cama,alimentos. O centro de recuperação sobrevive de doações,são mais de 300 homens internos.Eles merecem uma chance. Quem puder me ajudar pode doar qualquer quantia no Banco do Brasil agência 1257-2 Conta 32882-0

    ResponderExcluir
  116. Sua série foi uma das melhores coisas que vi na tv esse ano. Aí descubro que a série já tem 3 temporadas [hehehe]. Agora que descobri o blog pretendo acompanhar os dois!

    Inté

    ResponderExcluir
  117. Ola Eliandra, a barrinha não é muito segredo. É só desenha-lá no final do primeiro background e ela vai se repetir. Você tem o tutorial de como colocar dois background num blog?

    ResponderExcluir
  118. conheci seu blog a pouco tempo e comecei a ler mto tipo mto a agora me dei conta q li ele inteiro tudo desde as postagens de 2008 até a 2012, incluindo links de entrevistas, reportagens e comentários. li tudo e definitivamente vc é genial, seus textos são maravilhosos e o fato d vc responder os leitores isso é incrível, vc sse importa oa menos um pouco mas se importa! PARABÉNS continue assim !!! aguardo ANSIOSA (tipo mto ANSIOSA) por mais textos e pela terceira temporada da série. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha acredito em amizade sim entre homens e mulheres, claro que sempre rola um affair... Mas no fim é só amizade

      Excluir
    2. Amizade entre homem e mulher é explicada pela (minha) teoria da lâmpada incandescente.

      Excluir
  119. Muitooo!!!Não ouse se curar de todas as suas insanidades jamais...

    ResponderExcluir
  120. Quando se está fazendo terapia, tem licença pra pensar em si mesmo, não é não? Volta e meia, na sessão, eu lembro da série e imagino a minha psicóloga cantando a música da Noviça Rebelde! Já falei da série, mas nunca contei desse detalhe pra ela, que é freudiana assim como a Dra. Frida.

    ResponderExcluir
  121. Pespectiva de alta!?
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.....

    ResponderExcluir
  122. Garota, como não conheci o blog antes? Sou uma "umbiguista" e não havia notado... rsrsrs
    Parabéns pela série e o blog é sensacional!

    ResponderExcluir
  123. Saudades de uma psicotica??!... Acho que nao. Afinal, "psicotica" eh o que mais se ve por ai... As ruas estao cheias!

    ResponderExcluir
  124. Muito legal, não vejo a hora de começar a 3º temporada, eu sou super fã. Eu lendo esse texto tive que rir, pq já me falaram que meu narcisismo ao inverso, eu sou bem assim, passo pensando nos meus defeitos hahaha Natalia, somos parecidas haha, eu adoro os episodios, pq em mtas coisas eu me vejo, e é mto divertido. Parabéns!! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc ainda pergunta?? Vc é minha terapeuta e nem sabe disso. Não fique curada, NUNCA! Somos todos psicóticos! Amém!

      Excluir
  125. Eu ia dizer que precisava encontrar alguém com essas msms piras que eu.. mas achei vc. Obrigado Sr. por eu não ser o único, já me sinto até mais "gente"!

    ResponderExcluir
  126. OPAZ, também quero mandar uma música, tá nesse link, diretamente do BLOG-CEMITÉRIO...

    http://b1brasil.blogspot.com.br/2012/05/rockn-roll-aint-noise-pollution.html

    JOPZ

    ResponderExcluir
  127. só não me identifico com você na questão 'amizade entre homens e mulheres' haha, só tenho amigos homens, essas mulheres de hoje em dia, se você faz um xixi rosa porque comeu beterraba, espalham por aí que está com uma doença venérea que está rolando nas festas pelo ar

    SE É que isso é possível.

    Enfim, você é excelente.

    ResponderExcluir

 
Designed by Thiago Gripp
Developed by Márcia Quintella
Photo by Biju Caldeira